Várias ações contra o feminicídio serão realizadas neste mês em vários setores da Prefeitura de Resende

0

RESENDE

A prefeitura preparou uma série de atividades que serão desenvolvidas durante todo o mês em alusão ao Dia Internacional da Mulher, celebrado, no último dia 08. No próximo dia 21, haverá uma ação especial no Pátio da Administração Municipal, entre 14 e 18 horas. Na ocasião, uma tenda temática servirá como ponto de reflexão sobre os casos de violência contra a mulher, em alta nos últimos tempos.

O evento está sendo organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, por meio da Coordenadoria da Mulher, que é vinculada à Diretoria de Direitos Humanos. Este ano, a novidade da ação comemorativa é a tenda temática contra o feminicídio, devido à onda de casos de violência sofrida por mulheres em todos os cantos do Brasil.

Dentre as atrações previstas, estão: serviços de aferição de pressão arterial e medição de glicose; massagem shiatsu; maquiagem; e exposição de artesanato, entre outras.

Segundo a responsável pela Coordenadoria da Mulher, Bianca de Fátima Lúcio de Oliveira, a tenda temática servirá como ponto de reflexão sobre os casos de violência contra a mulher, em alta nos últimos tempos. “A onda de violência sofrida por mulheres, que assola o nosso País, é uma causa de todos. Devemos refletir sobre os casos de feminicídio, agressões físicas e psicológicas, assédios, importunações e qualquer tipo de violência e também desrespeito à mulher. A tenda da ação visa atrair a classe feminina para expressar o seu sentimento neste contexto, e receber informações sobre os serviços prestados pelo município, além de trabalhar a questão da prevenção, principalmente com os homens. As nossas servidoras terão acesso a um varal de reflexão, onde poderão registrar o que sentem em relação aos casos divulgados pela mídia. Buscamos agir contra a mentalidade machista da sociedade, propondo os esclarecimentos necessários, além de ajudar com o fornecimento de dados sobre as medidas cabíveis nos possíveis acontecimentos drásticos”, destacou Bianca, reforçando que a Coordenadoria atua de forma preventiva.

A coordenadora ainda lembrou a respeito do surgimento da data comemorativa, salientando que devemos exaltar o papel da mulher na sociedade em constante evolução. “A ideia de estabelecer o Dia da Mulher surgiu no final do século XIX e início do XX, nos Estados Unidos e na Europa, a partir das lutas femininas por melhorias nas condições de vida e trabalho, além do direito de voto. Em 1975, a Organização das Nações Unidas (ONU) designou como o Ano Internacional da Mulher. Na época, a data 8 de março foi definida como o Dia Internacional da Mulher. A intenção foi valorizar as conquistas sociais, políticas e econômicas pelas mulheres, sem distinguir as etnias, línguas e culturas, entre outras”, explicou Bianca.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !