Valencianos participarão da “Copa do mundo” do tiro ao prato nos eua

0

VALENÇA

Os atletas do Clube de Tiro, Caça e Pesca de Valença (CTCPV), Vitor Stivanin Leite, Gliciane Magna Catarino Maia, André Luis Jambeiro e José Wilson Salles Ávila Filho, irão participar do maior Campeonato de Trap Americano do mundo, o Grand American World Trapshooting Championships, que será realizado no complexo de tiro em Sparta, Illinois, Estados Unidos, entre os dias 31 de julho e 10 de agosto de 2019. O evento acontece anualmente e reúne em torno de seis a sete mil atiradores de todo o mundo.

Será a terceira vez que atletas do CTCPV irão participar do evento. Entre os atiradores esportivos que irão estão Vitor e Gliciane, que foram 4º Lugar no campeonato Brasileiro de Trap Misto no ano de 2018. A atleta também foi vice-campeã brasileira em 2018. Já André Jambeiro foi Campeão Brasileiro de Trap em 2018.

Será uma excelente oportunidade para intercâmbio de experiências sobre o tiro ao prato com a participação de atletas atiradores de todo o mundo. A participação dos atletas do CTCPV mostra o nível dos competidores de Valença. O CTCPV apresenta na sua infraestrutura condições para que os atletas treinem e tenham condições de competir em nível nacional e internacional.

Trap Americano

O Trap Americano é uma modalidade de tiro onde os atletas atiram contra pratos lançados à velocidade de 65 quilômetros por hora num ângulo de 17 graus, com altura entre 2,90m a 3 metros (tolerância que o regulamento permite). Nesta modalidade, os atletas são divididos em categorias: seis categorias masculinas na idade até 65 anos, além de Master e Veterano. As categorias Damas, Infantil e Juvenil também são divididas em subcategorias. A competição acontece em séries de 25 tiros. Diariamente, o atleta participa de provas entre cem e duzentos pratos. Nesse tipo de competição, são utilizadas espingardas calibre 12 de dois canos sobrepostos, com cartuchos reais, mas quantidade de pólvora reduzida.

No Trap Americano, o Brasil já ganhou respeito na competição, que é realizada nos Estados Unidos há 120 anos. Em 2018, pela primeira vez na história do campeonato, a pontuação geral dos brasileiros ultrapassou a dos canadenses e o Brasil finalizou na vice colocação, ficando atrás apenas dos anfitriões, os americanos.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !