UniFOA conquista nota 4 no IGC/MEC pelo sétimo ano consecutivo

0

VOLTA REDONDA

Pelo sétimo ano consecutivo o UniFOA, manteve-se com nota 4 no Índice Geral de Cursos 2017 (IGC/MEC) e permanece no seleto grupo das melhores instituições do Brasil. Com os resultados finais dos cursos, a instituição confirma, mais uma vez, seu compromisso com a qualidade da educação.

Para o presidente da FOA, Dauro Aragão, a força e o empenho de todos da instituição foi fundamental para o resultado obtido. “Graças aos alunos, professores e funcionários, sem distinção, graças ao esforço de cada um, conseguimos atingir novamente esse patamar. O reconhecimento é mais um motivo de alegria e orgulho, não somente para nós, mas para Volta Redonda, a região e, porque não, o Estado do Rio”, frisou.

De acordo com Aragão, os motivos para o reconhecimento são muitos: o corpo docente qualificado, no qual, 90% é composto por mestres e doutores; projetos acadêmicos inovadores como o uso de Metodologias Ativas para todos os cursos e Matriz Modular que é exemplo nacional de ensino no curso de Medicina. Além disso, é destaque no UniFOA todo o incentivo à pesquisa acadêmica e inovação científica; e atendimento à comunidade com projetos de extensão voltados para a necessidade da população. “Somos também a primeira instituição do Estado a firmar convênio com a empresa de softwares Autodesk e a oferecer os benefícios do ‘Minha Biblioteca’, que disponibiliza milhares de livros online gratuitos para alunos, professores e funcionários”, destaca.

Entenda melhor a avaliação

O IGC tem como base o Enade, a titulação e o regime de trabalho dos professores e a opinião dos alunos sobre a infraestrutura e o projeto pedagógico. Já o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (E        nade) avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados.

CPC é calculado no ano seguinte ao da realização do Enade de cada área, com base na avaliação de desempenho de estudantes, corpo docente, infraestrutura, recursos didático-pedagógicos e demais insumos, conforme orientação técnica aprovada pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior  (Conaes).

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !