Um Club prive foi interditado em Petrópolis por ‘exploração sexual”

0

PETRÓPOLIS

Policiais Militares da Corregedoria Geral da PMERJ/com equipes da 7ª DPJM (Delegacia de Polícia Judiciária Militar) e agentes da P/2 do 26º BPM/Petrópolis-, após informações passadas pelo Disque Denúncia (2253-1177), interditaram na madrugada desta sexta-feira, dia 1, um Club Prive e prenderam um gerente e o dono do estabelecimento, na Estrada União e Industria, no bairro da Posse, em Petrópolis, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Após receberam a informação versando sobre o crime de “exploração sexual”, foram até o endereço mencionado na denúncia, e conseguiram encontrar no salão do local, nove mulheres, sete homens que seriam clientes, dois que atuavam como garçom, entre outros, totalizando vinte pessoas. No local foram apreendidos R$ 1.500 e um caderno de anotações com a movimentação do local.

Todos foram levados para 106ª Delegacia de Polícia (DP) de Itaipava, onde foi lavrado um Auto de Prisão em Flagrante (APF), pelo crime de contido no Artigo 230 do CP – Rufianismo (Tirar proveito da prostituição alheia, participando diretamente de seus lucros ou fazendo-se sustentar, no todo ou em parte, por quem a exerça), sendo estipulada uma fiança, a qual, até a hora da saída das equipes da unidade policial, não havia sido paga.