Turista gaúcho morre ao ser atingido por hélice de lancha em Angra dos Reis

0

Giordano Catucci Boza, de 29 anos, chegou a amputar uma das pernas após grave acidente no mar de Angra dos Reis – Foto: Reprodução Facebook

ANGRA DOS REIS

O advogado Giordano Catucci Boza, de 29 anos, morreu na manhã de terça-feira, dia 2, no Hospital Geral da Japuíba após sofrer um acidente. O jovem, que era natural de Gramado (RS), fazia um passeio de lancha com amigos e a namorada no último domingo, dia 31, quando se desequilibrou e caiu, se ferindo gravemente. A hélice da lancha teria atingido uma das pernas do advogado que teve que ser socorrido às pressas, inclusive por um amigo médico que estava no passeio.

Giordano foi encaminhado ao hospital e chegou a ter a perna amputada antes de morrer. Segundo informações de parentes, o jovem perdeu muito sangue e não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a Marinha do Brasil por meio do Comando do 1º Distrito Naval informou que a Delegacia da Capitania dos Portos em Angra dos Reis tomou conhecimento do caso na tarde de terça-feira e que a Delegacia da Capitania vai apurar detalhes para saber o que teria causado o acidente e identificar os responsáveis.

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !