Trio é detido com 233 pinos de cocaína no Nova Conquista

0

ITATIAIA

Foi encaminhado ontem, da 99ª Delegacia Legal de Polícia Civil para a Casa de Custódia de Volta Redonda, Erick Samuel Raimundo de Souza, 23 anos, residente na Taquara, no Rio de Janeiro, e os dois menores, de 16 e 15 anos, moradores na comunidade do Complexo do Alemão, também na capital fluminense. O trio foi detido no último sábado, durante ação 37º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Nova Conquista. Na operação, foram encontrados 233 pinos de cocaína pesando 71,5 gramas.

As guarnições dos Setores J e K seguiram até um imóvel na Rua Três, no bairro Nova Conquista para apurarem a denúncia de que homens que atiraram contra equipe da Polícia Militar na sexta-feira estaria escondidos no local. “Fomos até o local e conseguirmos encontrar o trio na residência. Em revista pessoal e no imóvel nada de ilícito foi encontrado. Ao serem indagados sobre a troca de tiros, eles confirmaram que estavam juntos e que haviam fugido para um matagal e que um homem conhecido apenas por Zé é que teria feito o disparo contra os policiais”, informaram os militares, que ainda perguntaram o que tinha na mochila que carregaram quando fugiram no dia anterior para o matagal localizado na Rua Sete, no mesmo bairro.

“O trio confirmou que estavam com drogas e que a mochila estava escondida no matagal e encontramos parte das drogas em um local em uma mochila e o restante, três sacolas também com pinos de cocaína”, contaram.

Os policiais levaram o trio para a delegacia onde após perícia foi confirmado que havia na mochila e nas sacolas o total de 233 pinos de cocaína. Conduzidos para a delegacia, Samuel foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e os dois menores vão responder por fato análogo ao tráfico de drogas.

MULHER PRESA COM DROGAS NO SUTIÃ

Já em outro caso, Rosalina Moreira Querino, 20 anos, conhecida como “Quiquinha”, moradora no bairro Campo Alegre, foi presa no último sábado por policiais do Serviço Reservado e do Grupo de Ações Táticas (GAT). Com ela, os militares encontraram 29 pedras de crack e sete pinos de cocaína, duas pedras grandes de cocaína, além de uma balança de precisão, rolo de plástico utilizado pra embalar drogas e a quantia em dinheiro de R$ 90.

Os policiais chegaram até a casa da mulher após receberem uma denúncia de que no local estaria ocorrendo venda de drogas. “Encontramos a suspeita no imóvel e ao falar sobre a denúncia, a mulher tirou de dentro do sutiã um embrulho com as 29 pedras de crack e sete pinos de cocaína. Após observarmos um volume em um dos bolsos da calça, a suspeita acabou entregando outro embrulho com duas pedras grandes de cocaína”, contaram os militares, que após busca no imóvel encontraram a balança de precisão, o dinheiro e o material para embalar drogas.

Encaminhada para a delegacia, “Quiquinha” foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, permanecendo presa. Ela deverá será transferida para uma unidade do sistema prisional feminino ainda nesta semana.