Trecho da Rodovia Rio-Santos será privatizado  

0

RIO/SÃO PAULO

A Rodovia Rio-Santos (trecho da BR-101) será em breve uma cedida à iniciativa privada. A informação foi dada nesta quinta-feira pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, após se reunir em Brasília com o governador de São Paulo, João Dória (PSDB). Ele declarou que a rodovia será incluída no leilão de relicitação da Rodovia Presidente Dutra (Rio-São Paulo). Em 2017 o Programa de Parcerias de Investimentos decidiu relicitar a concessão Nova Dutra, que está próxima de vencer. Atualmente o trecho é operado pela empresa CCR NovaDutra. Não foram divulgadas datas.

Segundo João Dória, a concessão da Rio-Santos para a iniciativa privada dará melhor qualidade a rodovia, diminuindo acidentes e fomentando ainda o turismo no litoral. “A Rio-Santos é um modal importante sobretudo para o turismo nessa região do litoral norte de São Paulo. Não faz sentido que uma rodovia dessa importância não esteja concessionada e sendo operada pelo setor privado, melhorando a sua eficiência, reduzindo o seu potencial de acidentes e melhorando a funcionalidade para irrigar a indústria do turismo”, disse Doria.

RIO-SANTOS

A Rodovia Rio-Santos tem 550 quilômetros de extensão. Começa como SP-055 e somente após atravessar a área central de Ubatuba, passa a ser denominada BR-101. A estrada passa por uma sucessão de destinos turísticos famosos, como Guarujá, Bertioga, Ilhabela, São Sebastião, Caraguatatuba, Ubatuba, Paraty, Angra dos Reis e Mangaratiba.

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !