TRE anuncia extinção de oito postos de atendimento; um deles em Rio das Flores

0

RIO DAS FLORES

A extinção de oito postos de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) foi aprovada em sessão recente do órgão. Serão afetados seis municípios do interior e dois postos da capital. Os locais têm baixo comparecimento de eleitores. A medida gerará uma economia estimada de R$ 3,3 milhões por ano e permitirá a mobilização de servidores em zonas eleitorais onde a demanda é maior, para aperfeiçoar o atendimento.

Em Rio das Flores o posto foi extinto. Lá, o atendimento diário era de cinco eleitores. O mesmo ocorria em Duas Barras, onde cerca de duas pessoas solicitavam os serviços eleitorais dos dias.  Com a extinção desses postos, o TRE deixará de ter gastos com link de dados e aluguel, por exemplo.

O posto foi extinto em Rio das Flores no último dia 24. O atendimento passou a ser realizado então pela 111ª Zona Eleitoral (ZE) de Valença. As demais cidades afetadas foram Duas Barras, que segue em funcionamento até o dia 2 de abril e o atendimento será na 42ª Zona Eleitoral de Bom Jardim; Santa Maria Madalena, que funcionará em São Sebastião do Alto, com extinção prevista também para 2 de abril; como Laje do Muriaré (112ª Zona de Eleitoral de Miracema), Itaipava (vai para 65ª Zona Eleitoral de Petrópolis, e Trajano de Moraes (51ª ZE de Conceição de Macabu. Terminaram no dia 24 os trabalhos dos postos da Ilha do Governador (que irá para a 191ª ZE da capital), e Guadalupe (para a 22ª ZE).