Título de Cidadão Volta-redondense é entregue pela Câmara de Vereadores

0

Em Sessão Solene, realizada na noite de quinta-feira, 19, em comemoração aos 64 anos de emancipação do município, celebrado na terça-feira, 17, a Câmara de Vereadores prestou homenagem a 28 personalidades de fora da cidade, mas que contribuem pelo desenvolvimento do município com o Título de Cidadania Volta-redondense. Foram entregues também 13 Moções de Congratulações. A solenidade é realizada uma vez por ano alusivo ao aniversário da cidade.

Parentes e amigos lotaram o Plenário do Legislativo para aplaudir os agraciados. Entre os homenageados, que recebeu o Título de Cidadão, o senador Eduardo Lopes (PRB). Ele foi agraciado pelo vereador Pastor Whashington Uchôa, do mesmo partido.

O presidente da Câmara de Vereadores de Volta Redonda, Whashington Granato (PTC) abriu a Sessão Solene. O parlamentar falou sobre a importância da homenagem aos destaques que de uma forma ou outra ajuda o desenvolvimento do município em alguma área. Lembrou que a indicação de cada vereador foi aprovada por unanimidade pelo restante dos parlamentares.

Além do senador Eduardo Lopes, foram homenageados com o Título de Cidadania Volta-redondense representantes da área de segurança Pública, como o comandante do 28º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente coronel, Júlio Cesar Veras Vieira, o delegado titular da 93ª Delegacia de Polícia, Celso Gustavo Castello Ribeiro, o comandante da 2ª Cia do 28º BPM, Alcimar Videira Dias, o comandante do 22º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), tenente Leonardo da Silva de Loyola, a delegada da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Volta Redonda (Deam-VR), Mônica Areal, entre outros. A delegada falou da felicidade por ter sido indicada ao título. A carioca destacou que agora tem o título de cidadã volta-redondense, por indicação do vereador Paulo Conrado. Declarou que ficou honrada e muito feliz com a indicação, pois se sente reconhecida pelo trabalho que vem desempenhado à frente da Deam-VR.

HOMENAGAEDO DA VEREDAORA ROSANA BERGONE

O ex-coordenador de projetos da Universidade Federal Fluminense (UFF), Ronaldo Anquieta, natural do Rio de Janeiro, também falou. Ele foi homenageado pela vereadora Rosana Bergone. Segundo justificativa da vereadora, em sua coordenação na UFF, ele foi o responsável pela implantação dos projetos do Ministério do Esporte tais como o Esporte e Cidadania para Todos, Brincando com o Esporte e Esporte e Lazer da Cidade (PELC) e duas edições da Corrida Rústica da UFF, beneficiando mais de seis mil pessoas em quatro cidades da região.

Bergone declarou ser grata ao homenageado e o Título de Cidadania oferecido por ela é uma retribuição. Ronaldo, por sua vez, classificou a homenagem como “única” em sua vida. Lembrou que é a primeira vez que recebe um título como este e agradeceu a parceria de trabalho com a vereadora Rosana. “Recebo com muita satisfação pelo reconhecimento ao trabalho que conseguimos implantar em Volta Redonda e na região”, disse Ronaldo, que foi aplaudido por dezenas de alunos e professores dos projetos federais ao ser anunciado pelo cerimonial. Ele acabou quebrando o protocolo e, junto com a parlamentar, se dirigiu a plateia para tirar uma foto com os jovens.

Os vereadores Jari, José Augusto, Laydson e Paulinho Raio X, entregaram as moções de congratulações de aplausos ao cantor, músico e compositor Guilherme Givisiez,o também cantor Elismárcio Salvador de Souza Paula, como aos policiais militares Darlan Machado Carvalho, Denival de Souza, Jaques Henrique Pereira, Reinaldo Luiz Risso, Sérgio Augusto Reis Junior, Vinicius Ferreira da Silva, como o delegado da Polícia Federal, Pedro Paulo Simão da Rocha, Fernando parente de Matos, Jailton Luís Moraes e Silva e José Cláudio Boher.

OS HOMENAGEADOS

Os homenageados durante a Sessão Solene em comemoração ao aniversário de Volta Redonda foram Raphaela Lavinas Barbosa Dalboni (Vair Duré), Rodolfo Figueira Guedes Vasconcelos (Maurício Pessoa), Eduardo Carlier (Fábio Buchecha), Otavio Luiz Gama (Rodrigo Furtado), Tales Pena Machado (Paulo Conrado) e Mônica Areal, Celso Gustavo Castello Ribeiro, Sérgio José Sales Marinho, Júlio César Veras Vieira , Leonardo da Silva Loyola, Hernani Xavier da Silva, Anderson Cardoso Santos da Silva, Anderson Santos de Castro, Antonio José Costa, Alexandre de Souza Baesso  e Marcelo Castro de Brito de Oliveira (Mesa Diretora), além de Rosenverg Reis de Oliveira (Laydson), Domingos, Sávio de Souza e Silva (Luciano Mineirinho), Luiz Antonio de Souza Teixeira Junior (Paulinho Raio X), José Marco (Carlinhos Sant´Anna), José Fernandes Nogueira Filho (Granato), Jandira Rosa dos Nascimento (Neném), Manoel Alves de Oliveira (Jari), Eduardo Lopes (Pastor Washington), Álvaro Sudré da Conceição (Tigrão), Caio Larcher Maximiano (Isaac), Simone Chaves Dias (Fernando Martins), Alcimar Videira Dias por José Augusto.

Senador diz que se sente mais responsável pela cidade

O senador Eduardo Lopes, que recebeu a homenagem do vereador Pastor Whashington, declarou ao A VOZ DA CIDADE que depois desse título sua responsabilidade com a cidade aumenta mais. Garantiu ainda que esse título é o reconhecimento de um trabalho que está no caminho certo. Por isso deve continuar trabalhando. Lembrou ainda que nas últimas eleições iniciou um trabalho na região e começou por Volta Redonda.

Ainda de acordo com o senador, o Estado do Rio de Janeiro foi o que mais sofreu com a crise econômica. Por isso, está sempre destinando verbas, principalmente para os municípios da região, entre eles Volta Redonda.

Disse ainda que é o senador que mais destinou emendas contemplando diretamente o Estado. “Entre 2017 e 2018 destinei mais de R$ 57 milhões para os municípios, como R$ 500 mil para Volta Redonda aplicar na área de Saúde”, informou.

Durante entrevista ao A VOZ DA CIDFADE e ao discursar na tribuna em nome dos homenageados, se disse feliz e honrado ao receber a homenagem. Garantiu ainda que, com o Título aumenta o seu compromisso com Volta Redonda. Lopes aproveitou o momento para chamar a atenção dos eleitores. Disse que a maioria está descrente nos políticos, mas que votar e branco, nulo ou deixar de votar de nada vai resolver. Para ele, é votando em quem achar melhor e deixar aqueles que não prestam de fora é a solução. Dise que todos devem votar.

Vale lembrar que, conforme justificativa do vereador Uchôa, o senador foi homenageado pelos relevantes trabalhos prestados ao município. Disse que a contribuição do senador para Volta Redonda através de emendas foi muito importante e valiosa para a cidade, sobretudo, na saúde. Lopes, recebeu recentemente o certificado Destaque Municipalista 2017, referente ao primeiro lugar no ranking do Estado do Rio de Janeiro, da Confederação Nacional de Municípios (CNM) pelos trabalhos em prol dos municípios. Os critérios usados pela CNM são as votações e ações realizadas de cada congressista em relação ás cidades.

Natural de Santo André (SP), Lopes é Bacharel em Teologia, Jornalista e Articulista. Já foi radialista profissional, locutor e apresentador de programas de TV.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !