Temporal alaga casas no distrito de Engenheiro Passos, em Resende

0

REGIÃO DAS AGULHAS NEGRAS

A Defesa Civil teve muito trabalho na noite de segunda-feira, dia 7, durante O temporal que atingiu a região Sul Fluminense na noite de segunda-feira, dia 7, causou vários transtornos em Resende e Itatiaia. Em Itatiaia, a chuva causou alagamentos de casas, ruas e quedas de árvores. No distrito de Engenheiro Passos, localizado a cerca de 30 quilômetros do Centro da cidade, 25 casas foram alagadas devido a retenção de águas da chuva. Em algumas residências, a agua chegou a invadir cerca de 50 centímetros de altura.  Segundo a Defesa Civil, choveu 48,8mm em seis horas ininterruptas. A previsão era de 40 milímetros de chuva para 24 horas em períodos ocasionais. Já em Itatiaia houve deslizamentos de terra no bairro Vila Esperança e rompimento de cabos de energia elétrica no bairro Paineiras.

De acordo com a coordenadoria da Defesa Civil, por volta das 21h22min vários acionamentos foram feitos. No distrito de Engenheiro Passos vários imóveis ficaram alagados, porém, não há desalojados ou desabrigados. Em seis horas choveu 48,8mm. “Estava previsto em Resende 40mm de chuva para 24 horas em períodos ocasionais. Em apenas seis horas de chuvas ininterruptas foram registrados 48,8mm, ou seja, 8,8mm a mais do que estava previsto para 24 horas de chuvas intercaladas”, informou a coordenadora, acrescentando que esta quantidade de chuva o distrito de Engenheiro Passos causou alagamento em algumas ruas, atingindo o nível de 1,20m em alguns pontos. “Cerca de 25 casas foram alagadas com nível de água atingindo 40 centímetros. A Defesa Civil vistoriou os imóveis, onde concluiu não haver a necessidade de interdições ou remanejamento de moradores dos locais atingidos. Até o fechamento deste boletim, não registramos ocorrências com desalojados ou desabrigados”, explicou.

Em outras ocorrências, uma árvore caiu na Avenida General Afonseca, no bairro Vila Julieta. Também ocorreram alagamentos de alguns pontos do município com retenção de águas, devido a quantidade de chuva. Entre os locais que ocorreram alagamentos nos bairros Cidade Alegria, Manejo e Vila Julieta. No bairro Cidade Alegria, casas na Rua João Alves de Oliveira foram alagadas. Na Rua Padre José Sandrup a água também invadiu alguns imóveis.

Nível da água atingiu até 50 cm algumas residências-Reprodução Redes Sociais

A Prefeitura de Resende informa que as equipes da Defesa Civil estão atuando desde ontem no distrito de Engenheiro Passos. Desde a manhã desta terça-feira, dia 8, equipes da Secretaria de Obras e Serviços Públicos com máquinas pesadas, caminhão e hidrojato realizam a limpeza e retirada de lama das ruas. “Vale destacar que a prefeitura realiza o trabalho de limpeza e desobstrução da rede de drenagem constantemente no município”, informa a nota.

A Assessoria de Comunicação também informou que no bairro Cidade Alegria, o excesso de chuva em um período curto de tempo também provocou retenções, que com a diminuição da chuva, rapidamente foram drenadas.

CHUVA INVADE CASAS EM ENGENHEIRO PASSOS

Relatos de moradores do distrito de Engenheiro Passos, que tiveram o imóvel invadido pelas águas das chuvas dão conta que o nível da água atingiu aproximadamente 50 cm de altura. Muitos moradores perderam mantimentos e tiveram móveis e utensílios domésticos danificados.

Nas redes sociais, moradores do distrito mostraram o desespero durante o temporal. “Quando a agua começou a subir e a invadir a casa, corremos para levantar o que podíamos, como televisão, aparelhos de eletrodomésticos, fogão. Tentamos tirar a água com baldes, mas não demos conta. O jeito foi esperar a água abaixar”, contaram os moradores da localidade.

DESLIZAMENTO DE TERRA E ROMPIMENTO DE CABOS

Em Itatiaia, segundo a Defesa Civil, em uma hora foram registrados 40 mm de chuva, o que é considerado um nível moderado de alerta, causando deslizamento de terra no bairro Vila Esperança e rompimento de cabos de energia elétrica no bairro Paineiras. Não houve vítimas e nem desalojados.
Conforme informação, a equipe, em  parceria com a Guarda Civil Municipal, estiveram no bairro Vila Esperança, onde houve um deslizamento de terra  na Rua Capitão João Ferreira, próximo a um muro de contenção cedeu. No momento da ocorrência a via ficou interditada, porém, a Guarda Municipal sinalizou o local e a Secretaria de Obras e Serviços Públicos enviou hoje uma equipe para fazer o serviço na via. O trânsito na via segue lento. A outra ocorrência aconteceu nos fundos de uma residência, na rua Juliana Campos Neves, onde uma parte do muro de contenção cedeu. O espaço passou por uma avaliação prévia e agora receberá uma vistoria técnica de engenheiros. Não houve desabrigados e nem desalojados.

Equipe da Prefeitura de Itatiaia trabalha nos locais onde ocorreram os deslizamentos de terra-Divulgação PMI

Já no Jardim Paineiras aconteceu rompimentos de cabos de energia na Rua Valdemar Bernardes, devido à queda de uma árvore. O episódio interrompeu o fornecimento de energia na localidade e a empresa responsável foi acionada para restabelecer o serviço. A Secretaria de Obras Públicas esteve presente para desobstruir o local. “Ocorrências que envolvem o fornecimento de energia são de responsabilidade da concessionária de energia elétrica. A Defesa Civil é responsável por isolar o perímetro para que ninguém se machuque”, explicou o diretor da Defesa Civil Municipal, Valdair do Nascimento.

error: Conteúdo protegido !