Talento do taekwondo de Barra Mansa vai disputar pan-americano

0

BARRA MANSA

Márcio Modesto Rodrigues Junior. Grave bem este nome, pois esta é a identidade do jovem de Barra Mansa conhecido como ‘Juninho’, de apenas 13 anos, que em junho deste ano, em data ainda não marcada, vai competir pela Seleção Brasileira no campeonato pan-americano de taekwondo nos Estados Unidos. Ele conversou com o A VOZ DA CIDADE e disse que tem grandes expectativas para o evento, porém, ele ainda não tem nenhum patrocínio que o ajude a arcar com as despesas da viagem dos seus sonhos.

Juninho é morador do bairro Abelhas e conta que começou a treinar com seis anos, por intermédio do pai. “Ele se matriculou e eu estava mesmo querendo praticar algum esporte. O vi treinando, gostei e pedi para fazer o mesmo, porém, só eu continuei”, comentou, explicando que aos dez anos ele se tornou faixa preta. “Eu treinava em uma academia em Barra Mansa, mas dentro do esporte, existe o sindicato da categoria e lá eles conversam sobre os seus atletas, quando tomaram conhecimento da minha atuação. Assim, fui convidado a treinar em uma academia em Volta Redonda, onde continuo até hoje”, completou.

O jovem atleta conta que no ano de 2018 disputou o campeonato estadual e foi campeão. Participou também da seletiva da Copa do Brasil no mesmo ano, quando foi campeão. Já na Copa do Brasil, ficou em segundo lugar e no Campeonato Estadual, voltou a ser consagrar campeão. Ele venceu três lutas na ocasião, lutando contra os atletas de São Paulo, Pará (Londrina) e Paraná.

Começando o ano de 2019 ele participou do campeonato que valia vaga para a Seleção Brasileira, onde o campeão iria representar o Brasil no pan-americano nos Estados Unidos. Dessa vez, Juninho voltou a brilhar e mostrou para o que veio e se tornou campeão, sendo hoje o titular da Seleção Brasileira na categoria cadete (49 quilos).

Márcio conta que treina três vezes durante a semana, sempre depois da escola. Ele está fazendo o 9° ano do Ensino Fundamental no Colégio Estadual Barão de Aiuruoca, no Centro. Questionado se o esporte não o atrapalha com os estudos, ele diz que nem um pouco. “Na verdade, me tornei outra pessoa depois que entrei para taekwondo. Sou uma pessoa mais calma, tranquila e equilibrada. O esporte ajuda na minha educação e no meu desenvolvimento como pessoa”, assegurou o jovem.

Juninho vai passar cinco dias nos EUA. Sua família conta que ele vai viajar com o seu mestre, Fabiano Ferreira Mendonça, da Academia Fabiano Taekwondo. Só para ajudar nas despesas do jovem, contando passagem, hospedagem e alimentação, são estimados um gasto de R$ 7 mil, valor este que hoje eles ainda não têm. Quem puder ajudar o atleta a embarcar nesse seu sonho, representando não só o Brasil, mas a região Sul Fluminense, principalmente o município de Barra Mansa, é só fazer contato nos números (24) 9 9965-2423 ou 9 9992-6508.

Recentemente Juninho participou do campeonato que valia vaga para a Seleção Brasileira//Divulgação