Suspeito de ter agredido mulher em Barra Mansa é preso

0

O homem suspeito ter agredido a ex-companheira Luana Cunha Silva, de 35 anos, Paulo Roberto Lopes da Silva Junior, 30 anos, foi preso no final da tarde desta terça-feira. Na tarde de segunda-feira, dia 25, o homem chegou a dar uma entrevista para um canal de televisão informando que estava se entregando, porém, o mesmo não compareceu na 90ª Delegacia de Polícia (DP) para prestar esclarecimentos. Luana segue internada em estado estável e não tem previsão de alta.

O homem deu uma entrevista na tarde de segunda a um telejornal, dizendo que não queria matar a ex e que a ideia era somente lhe dar um susto. Questionado pelo repórter quando ele se entregaria, ele respondeu: ‘tá com pressa?’.

AS AGRESSÕES

Luana deu entrada na tarde de domingo na Santa Casa de Misericórdia com o rosto desfigurado. Ela foi agredida várias vezes com um ‘soquete’ de madeira e também levou chutes e socos. Ela teria terminado o relacionamento há cerca de um mês e o homem não aceitava o fim.

Agressão aconteceu na casa da vítima – Redes Sociais

A Polícia Civil esteve no mesmo dia na casa da vítima e encontrou a cozinha do imóvel toda suja de sangue. No hospital, Luana disse aos policiais que irá até a delegacia depor após receber alta médica.

O caso está sendo investigado como tentativa de feminicídio.

error: Conteúdo protegido !