Supermercados apostam na venda antecipada de produtos natalinos

0

SUL FLUMINENSE
O clima de Natal registrado em todo o comércio regional com decorações e promoções também é praticado nos supermercados das cidades da região. Alguns exploram a data como carro-chefe da campanha publicitária enquanto outros também apostam na venda de inúmeros itens que compõem a ceia natalina. O momento pode ser favorável uma vez que próximo ao Natal e réveillon a tendência que a oferta e procura inflacione os preços.

Os panetones são alguns dos produtos mais vendidos na véspera do Natal na região

Os itens mais comercializados que já estão à disposição nas prateleiras desde o fim de outubro são os panetones, seguidos de nozes, avelãs, frutas cristalizadas, vinhos e as carnes. Aliás, neste setor o tradicional chester, que é um tipo especial de frango, além do peru, uma herança da cultura norte-americana em consumir a ave de grande porte no Dia de Ação de Graças e no Natal, além do tender, que é um pernil defumado de porco, ditam o ritmo no setor de frios e carnes. “Eu vi e fiquei tentada em garantir ao menos o peru de natal. Penso que agora será mais barato que perto do Natal. De fato parece que já é Natal, tem sempre algo já em oferta, principalmente o panetone. As crianças adoram”, opina a manicure Silvana Nascimento, durante compras de mês, em Resende.
Para o operador de máquinas Michel Pereira, as bebidas são fundamentais. “Gosto de espumantes e vinhos. Ainda não fui ao setor, mas imagino que já será possível comprar mesmo estando no início de novembro devido a toda a propaganda”, analisa. E o palpite foi certeiro, pois no setor de bebidas do estabelecimento na zona oeste há sidras, champanhes e espumantes, alguns deles com embalagem que remetem inclusive ao réveillon.

Segundo o gerente comercial, Cláudio Batista, a venda de espumantes ocorre com produtos de diversos tamanhos. “O público gosta, sai bastante e decidimos trazer uma remessa. Ate meados de dezembro renovaremos o estoque”, comenta o gerente que vende o espumante de 3 litros a R$ 79,90. A bebida mais em conta é a sidra, feita a partir da fermentação do suco de maçã, sendo vendida em média a R$ 8,90 a unidade.