Sindicatos e entidades diversas programaram vários atos para esta sexta-feira em Volta Redonda contra a Reforma da Previdência

0

Visando protestar contra a Reforma da Previdência, o corte de verbas da educação pública, em defesa da aposentadoria e por mais emprego, trabalhadores de setores diversos foram convocados para uma greve geral nesta sexta-feira, 14. O movimento foi convocado por centrais sindicais de todo Brasil. Em Volta Redonda, onde estão concentrados vários sindicatos, uma ampla programação de atos foi definida após reuniões com representantes.

De acordo com a programação em Volta Redonda, às 5 horas concentração nas entradas da Companhia Siderúrgica Nacional (CS), às 16 horas concentração na Praça 17 de Julho, em frente ao prédio da Prefeitura de Volta Redonda, no Aterrado, e às 17 horas ato na Praça Juarez Antunes, no bairro Vila Santa Cecília.

ADESÃO À GREVE

Em assembleia realizada na noite de quarta-feira, 12, trabalhadores da Construção Civil aprovaram a adesão à greve geral. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Volta Redonda e região, Sebastião Paulo de Assis, é importante que a categoria atenda a convocação e se junte aos trabalhadores de outros setores, em atos públicos que acontecerão por toda região contra as propostas e medidas do governo.

Os manifestantes pretendem reivindicarem ainda maior geração de empregos formais, retomada do crescimento da economia, contingenciamento na Educação e outros. São atos por todo o Brasil que estão sendo mobilizados por centrais sindicais, entidades estudantis entre outros.