Sindicato da Construção Civil reforça apelo para a valorização das mulheres

0

VOLTA REDONDA

Pedido antigo, até como forma de incentivar o crescimento da mão de obra feminina na construção civil, como já acontece em outras regiões do país, instalações adequadas pra mulheres da área já são realidade na cidade e região. Isso é o que garante a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Construção Pesada, Montagem Industrial, Mármore e Granito do município e região.

Segundo o presidente do Sindicato, Sebastião Paulo, aproveitando o mês das mulheres, é importante reforçar a necessidade das empresas oferecerem estruturas apropriadas para que as profissionais possam exercer suas funções em áreas e canteiros de obras. “Esse é um pedido antigo, até como forma de incentivar o crescimento da mão de obra feminina na construção civil. Isso já acontece em outras regiões do Brasil”, lembrou o presidente. Ressaltou ainda que entre as prioridades estão banheiros, vestiários, armários, entre outros espaços para atender a mulher trabalhadora.

Ainda de acordo com Sebastião Paulo, atualmente na base territorial da entidade, a maioria das profissionais atua na indústria ou no setor público. Alertou que no canteiro de obra o número é quase inexistente. Lembrou que, além dessa conscientização, toda a diretoria do sindicato está atenta às demandas das trabalhadoras.

O canal para denúncias ou reclamações, segundo o presidente, fica aberto diariamente na sede no bairro Conforto, em Volta Redonda, pelo telefone 3348-2508, ou na subsede no Jardim Tropical, em Resende, no 3355-1711.  “Mesmo assim não podemos deixar de cobrar e fiscalizar essa inclusão e valorização profissional da mulher na construção civil, principalmente, neste mês de março”, declarou o sindicalista.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !