Serasa Experian auxilia microempreendedores a gerenciar finanças

0

SUL FLUMINENSE

Um levantamento da Serasa Empreendedor demonstrou que 45% dos microempreendedores sentem dificuldades em controlar a saúde financeira dos negócios. E por isso, cuidar melhor das finanças virou meta em 2019 para 9 em cada 10 entrevistados. O Serasa Empreendedor, braço da Serasa Experian voltado ao micro e pequeno empreendedor, lançou o ‘Saúde do Seu Negócio’, solução inédita para contribuir com um dos principais desafios de uma empresa: a saúde financeira do seu negócio. Até o dia 11 de fevereiro de 2019, o micro e pequeno empresário poderá fazer de graça sua autoconsulta pela internet no site www.serasaempreendedor.com.br.

De acordo com a sondagem realizada pela Serasa em dezembro de 2018, 45% dos microempreendedores afirmaram sentir dificuldades para controlar a gestão financeira e 5% admitiram que não fazem nenhum tipo de controle. Os outros 50% disseram não ter dificuldades, mas ainda assim, 9 em cada 10 entrevistados definiram como meta de ano novo cuidar melhor das finanças.

Após o período de gratuidade, o serviço poderá ser contratado de forma avulsa ou assinatura mensal, a partir de R$ 16,90. “A saúde financeira é o coração de uma empresa, por isso, merece atenção especial. Nosso principal objetivo é apoiar e orientar os empreendedores no grande desafio de conquistar uma boa reputação no mercado, o que possibilita mais chance de conseguir crédito e potencializa o crescimento sustentável dos negócios”, diz o vice-presidente de Micro, Pequenas e Médias Empresas da Serasa Experian, Victor Loyola.

Voltada para o mercado de artesanato, a microempreendedora Renata Machado, de Volta Redonda, aposta na novidade para controlar seu negócio. “Tem meses que a situação fica complicada, me confundo com o valor de investimento e às vezes deixo escapar mais gastando de imediato o que obtive com as vendas. Preciso de uma orientação financeira”, comenta.

Com informações e análises, o novo serviço da Serasa Experian permite que o microempreendedor conheça como a sua empresa é vista no mercado e de que maneira as suas informações representam referenciais decisivos na hora de ser avaliada para adquirir produtos e serviços ou no momento de buscar crédito. “Nossa expectativa é que o empreendedor aplique todo esse conhecimento para obter condições mais favoráveis de crédito e que use esse recurso para crescer e se destacar dos concorrentes”, ressalta Loyola.

SAÚDE FINANCEIRA

Por meio de login vinculado ao CNPJ e ao CPF do dono ou sócio que contratou a solução, micro e pequenos empresários têm acesso às suas dívidas vencidas negativadas, que estão relacionadas a esses documentos.

Na versão mensal existe a “Calculadora de Endividamento”, um recurso que ajuda a identificar o quanto do faturamento mensal está comprometido com empréstimos e financiamentos contratados. “Eu pretendo utilizar este serviço e acompanhar os dados financeiros da minha empresa, principalmente tentar evitar o endividamento. No passado isso me levou a fazer empréstimos, o que pretendo evitar”, comenta o empresário Ricardo da Silva, de Resende.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !