Sepultado, em Volta Redonda, corpo de PM vítima da Covid-19

0

VOLTA REDONDA

Foi sepultado no final da manhã deste sábado, dia 16, no Cemitério Portal da Saudade, em Volta Redonda, o corpo do policial militar Marcelo dos Santos Araújo, de 52 anos, mais uma vítima da Covid-19. Ele estava internado no Hospital Regional Zilda Arns, no Roma, onde morreu no final da tarde da sexta-feira, dia 15.

Araújo, que era lotado no 28º Batalhão de Polícia Militar (BPM), é bastante conhecido por sua grande atuação em inúmeras ações da corporação ou em conjunto com a Polícia  Civil. Sua trajetória foi citada por vários amigos em redes sociais que também lamentaram a sua morte. Entre eles o deputado federal Antonio Furtado, que já atuou como delegado da 93ª Delegacia de Polícia (DP) de Volta Redonda, onde conheceu o PM Araújo.

Em uma publicação, Antonio Furtado declara que a vida é um sopro. Ele ainda continua: “A vida é hoje, a vida acontece agora… Mas alguns sopros são eternizados por suas passagens aqui na Terra. Hoje é um daqueles dias que deixarei a lembrança dos acontecimentos bons me libertar da tristeza, pois é assim que quero lembrar de um policial que o tempo e a convivência transformou num amigo, Marcelo dos Santos Araújo. Sempre pronto a dar atenção às pessoas, com um sorriso farto e cheio de alegria de viver”.

Declarou ainda que o Tchelo, como alguns o chamavam, fez muitos amigos, pois era muito fácil de gostar. “É assim que irei me lembrar dele. Infelizmente hoje ele partiu, vitima da Covid. Deixo aqui meus sentimentos para sua família, à toda Polícia Militar também, sua corporação e reforço que todos nós estamos juntos nesse momento de perda. Araujo, que Deus te receba na infinita Glória e saiba que você deixará saudade”, disse o paramentar . “Aos que ficam, contando ou não seus entes queridos que partem, ocorre-me uma respeitosa sugestão: Vivam, vivam cada minuto, com toda sua intensidade, pois cada um de nós é dono da sua história e a partir dela, escrita com as escolhas que fazemos, podemos nos tornar imortais na memória e no coração daqueles que nos amam”, concluiu.

 

 

error: Conteúdo protegido !