Senac RJ e Pernod Ricard Brasil formam novos profissionais para o setor de serviços e bebidas

0

RESENDE

A unidade Senac do município sedia amanhã, dia 9, a formatura de  31 novos profissionais para atuar no setor de serviços e bebidas. A iniciativa é realizada através da parceria com a Pernod Ricard Brasil, multinacional francesa de bebidas, dona das marcas Absolut, Ballantine’s, Chivas e Beefeater, com presença marcante em mais de 87 países.

De acordo com o diretor regional do Senac RJ, Sérgio Arthur Ribeiro da Silva, o Programa Parceiro de Responsa buscou atender à diversidade de gêneros, raças e idades, principalmente em situação de vulnerabilidade social, com a oferta gratuita de qualificação profissional em cursos de Preparo e Serviço de Coquetéis (Bartender) e Técnicas Básicas de Garçom. “Esta importante parceria com a Pernod Ricard Brasil para a formação de mão de obra qualificada no setor de comércio e serviços em Resende vai ao encontro do compromisso do Senac RJ em promover a inclusão social no estado do Rio por meio da educação. A iniciativa demonstra a preocupação da empresa com seu papel social e com a profissionalização na área em que atua. O programa Parceiro de Responsa nos orgulha por ser um projeto de responsabilidade social sustentável que fortalece a prática da diversidade e abre portas para a empregabilidade na região”, explica.

Já  a diretora de Recursos Humanos e S&R da Pernod Ricard Brasil, destaca a preocupação constante de ajudar e contribuir para o bem-estar da sociedade. “É gratificante ser parceiro do Senac RJ em um projeto como esse que, além da responsabilidade social, contribui para a formação de novos profissionais e cria valores que podem ser compartilhados para todos”, reforça.

Ao longo de quatro meses, os alunos tiveram oportunidade de conhecer a fábrica Pernod Ricard Brasil na região e aprender todas as técnicas das duas profissões em aulas práticas do Senac RJ. Esses novos talentos saem das salas de aula com planos e outras perspectivas, aptos a trabalhar em bares de hotéis, restaurantes, festas, eventos e até empreender um negócio próprio.

Como deseja Arthur da Silva Oliveira Cunha, de 24 anos, um dos formandos da turma de Preparo e Serviço de Coquetéis. O jovem transgênero soube da oportunidade por meio de um grande amigo que já atua como bartender e o indicou o curso. “A experiência foi incrível, um grande divisor de águas para mim. Acessibilidade e inclusão deveriam ser pautas recorrente nas empresas. Oferecer um curso de qualificação profissional gratuito é dar uma chance pra uma galera que realmente não tem condições. Aprendi muita coisa da qual eu não tinha tanta noção, sabia só por alto. Poder praticar nas dinâmicas foi muito bom”,

Entre seus próximos projetos pensa em começar um negócio com carrinho de bebidas e montar posteriormente um food truck neste mesmo segmento. Planeja também se aprofundar no setor e compartilhar seu conhecimento no futuro, oferecendo oficinas e workshops na área. “Se eu vier a ter um negócio próprio quero poder dar uma base para pessoas como eu: preto, pobre e LGBTQIA+”, conclui.

 

 

error: Conteúdo protegido !