PM explica confusão ocorrida no Getúlio Vargas, em Barra Mansa

1

BARRA MANSA

Hoje pela manhã, o secretário de Ordem Pública, Luiz Furlani, postou em suas redes sociais uma mensagem informando sobre um tiroteio no bairro Getúlio Vargas. Segundo ele, os ônibus chegaram a parar de circular no local e três pessoas foram baleadas. Ao jornal A VOZ DA CIDADE, a Polícia Militar explicou que quatro homens invadiram uma residência, mas acabaram feridos. Desde o início do mês, o bairro tem sido palco de uma guerra de traficantes que estariam na disputa pelo comércio ilícito – vendas de drogas. A polícia, inclusive, tem reforçado o patrulhamento no local e realizado várias apreensões na comunidade, com presos. Contudo, a PM não confirma se o fato tem ligação com o tráfico, já que o mesmo segue investigado como roubo. Os envolvidos serão todos ouvidos pela Polícia Civil.

Na primeira mensagem, o secretário disse: “Infelizmente devido a intenso tiroteio na divisa dos bairros Getulio Vargas e São Francisco os ônibus não estão circulando por medida de segurança. Informo ainda que três homens foram baleados e estão na Santa Casa. A Polícia Militar está no local e vai ocupar o bairro Getulio Vargas”, disse Furlani.

Cerca de meia hora depois, o secretário de Ordem Pública disse que os ônibus já estavam circulando no bairro e que a Polícia Militar esteve no bairro e que a situação já estava sob controle. “Houve uma tentativa de homicídio, mas os suspeitos acabaram sendo baleados”, disse Furlani ao A VOZ DA CIDADE.

POLÍCIA MILITAR

“Não houve tiroteio no Getúlio e sim elementos entraram com intenção de matar ou roubar o morador desta casa e foram surpreendidos com a reação. Todos foram reconhecidos e presos em flagrante”, disse a polícia ao A VOZ DA CIDADE.

Segundo informações, o quarteto entrou no imóvel e fez ameaça ao dono da casa. “A esposa da vítima, teria acertado o criminoso que estava com a arma na mão com uma panela na cabeça, fazendo com que o mesmo deixasse o revólver cair. Todos entraram em luta corporal e os três dos quatro homens que entraram na casa, acabaram baleados”, disse a PM, informando ainda que o quarto suspeito foi encontrado na rua com cortes, supostamente feitos por vidro, no rosto e na mão. “Uma pistola também foi apreendida”, disse a polícia.

O capitão do 28° Batalhão da Polícia Militar de Barra Mansa, Alcimar Videira, informou que os dois homens baleados não correm risco de morte e, após a alta, serão encaminhados para a delegacia do município. “Nós recebemos a informação e, em seguida, fomos até a localidade. Conseguimos prender todos os envolvidos, menos o Caramujo que está foragido. Estamos montando um esquema para localizá-lo e prendê-lo também”, contou o capitão, acrescentando que todos os envolvidos fazem parte de facções criminosas.

Videira ainda disse que uma equipe do batalhão foi encaminhada para as escolas do bairro, a fim de tranquilizar os profissionais e estudantes. “Logo após o término da operação realizamos esse serviço apara tranquilizar a comunidade. Dividimos a equipe que segue circulando o bairro, outra acompanhando os feridos no hospital e o restante na delegacia”, completou.

O secretário de Ordem Pública de Barra Mansa, Luiz Furlani, informou que em primeiro momento recebeu a informação dos moradores do bairro e de funcionários da empresa de ônibus Colitur que estava havendo um grande tiroteio. Como medida de proteção aos profissionais e a população, a circulação das linhas Getúlio Vargas e São Francisco, foram interrompidas. Porém, após ser informado pelo capitão que o bairro está sendo ocupado pela Polícia Militar as linhas voltaram a normalidade. “Parabenizo a ação rápida da Polícia Militar que agiu com toda cautela e rapidez. A equipe segue no local fazendo o monitoramento do bairro a fim garantir a segurança dos moradores”, afirmou Furlani.

O caso foi registrado na 90ª Delegacia de Polícia.

1 comentário

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !