Secretaria de Saúde capacita profissionais para campanha de vacinação contra gripe em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promoveu nesta quarta-feira, dia 30, capacitação para profissionais de saúde que vão atuar na 24º Campanha Nacional de Imunização contra a Influenza (gripe).
A nova versão do imunizante contra a Influenza é trivalente, produzida pelo Instituto Butantan. A formulação é constantemente atualizada para que a dose seja efetiva na proteção contra as novas cepas do vírus. A vacina será eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 (Darwin) e tipo B.
O treinamento ocorreu para 150 profissionais da rede pública municipal no auditório do Centro Universitário Geraldo di Biase (UGB), no bairro Aterrado, em dois períodos: manhã e tarde. Os profissionais capacitados trabalham na Atenção Primaria à Saúde Unidades Básicas de Saúde e da Família (UBSs e UBSFs), diretamente no acolhimento à população.
A capacitação buscou orientar os técnicos de enfermagem e enfermeiros da rede quanto às normativas do Ministério da Saúde, conforme explicou a enfermeira da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, Milene Paula de Souza.
“O objetivo desta capacitação é orientar os profissionais quanto às atualizações da campanha de imunização, para diminuir a transmissão e contaminação da Influenza, principalmente nos grupos prioritários”, disse.
Início da campanha
A campanha de vacinação contra a Influenza (gripe) ocorre anualmente em todo o Brasil. Neste ano, acontece de 4 de abril a 3 de junho para grupos prioritários. O ‘Dia D’ está marcado para o dia 30 de abril. Neste dia, as ações de incentivo serão intensificadas para que as pessoas tomem a vacina. A previsão é que o município de Volta Redonda receba 10 mil doses para a fase inicial.
A primeira etapa – de 4 de abril a 2 de maio – é direcionada para idosos a partir de 60 anos e profissionais de saúde (em atividade). As doses serão aplicadas em todas as 46 unidades básicas de saúde, das 9h às 16h.

Algumas unidades funcionam com horário estendido para atendimento, até as 18h30: 249, Siderlândia, Jardim Paraíba, São Geraldo, Vila Rica/Tiradentes, Açude 1, Vila Mury, Santa Cruz, Santo Agostinho e Volta Grande.
Documentos
Os idosos devem comparecer à unidade básica de saúde mais próxima com o cartão SUS e CPF. Já os profissionais de saúde, em atividade, devem apresentar o cartão de vacinas, CPF e o cartão do órgão de classe ou o crachá – que comprove a atividade na área pública ou privada.
Segunda etapa da campanha
A segunda etapa – de 3 de maio a 3 de junho – vai atender crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes; puérperas; profissionais da Educação; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento; forças armadas; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.
Crianças
No caso das crianças de seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias que já receberam ao menos uma dose da vacina Influenza ao longo da vida em anos anteriores, deve se considerar o esquema vacinal com apenas uma dose em 2022. Já para as crianças que serão vacinadas pela primeira vez, a orientação é agendar a segunda dose da vacina contra gripe para 30 dias após a primeira dose.
Proteção contra o Sarampo
O Ministério da Saúde também reforçou a importância da vacinação contra o Sarampo. Para evitar surtos da doença, a campanha de vacinação deste ano será focada em crianças de seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias e trabalhadores da saúde.