Sebrae Rio lança plataforma para marketing digital e vendas on-line

0

RIO DE JANEIRO

A pandemia de Covid-19 provocou mudanças na rotina das empresas e em recente pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), 65% dos pequenos negócios do Estado do Rio de Janeiro estão apostando nas redes sociais, aplicativos e internet para realizar suas vendas ou promover seus produtos. Essa mudança no comportamento entre empresa e cliente precisa estar alinhada com estratégias assertivas que possam beneficiar com o aumento nas vendas dos seus produtos.

Para ajudar microempreendedores individuais, micro e pequenas empresas, o Sebrae Rio lançou a página Sua Empresa + Digital. Assim, o empreendedor terá domínio sobre estratégias de marketing digital para alcançar seus objetivos dentro das plataformas virtuais. “Na nossa última pesquisa, 66% dos entrevistados relataram que alteraram o modelo de funcionamento da empresa. Durante o isolamento social, as empresas precisaram apostar nos canais digitais para continuar com o seu negócio em funcionamento. Existe um receio de atuar no digital, mas os empreendedores devem entrar de forma assertiva. O conteúdo que propomos leva em conta a rotina dos empreendedores e as melhores estratégias de mercado para os pequenos negócios, além de conteúdos para atender cada perfil de empresa e de fácil entendimento”, explica Leandro Marinho, gerente de Atendimento do Sebrae Rio.

O portal ainda permite que o empreendedor solicite um atendimento gratuito e personalizado especialistas do Sebrae Rio. Depois do preenchimento do pedido, um especialista da instituição entrará em contato e fará uma análise dos pontos fortes e fracos da empresa. Este ano, o Sebrae Rio reformulou sua vitrine de soluções digitais para atender quem já possui um negócio ou planeja empreender. Dentro da plataforma, o empresário terá acesso a capacitações, eventos digitais, informações sobre as políticas públicas, trilhas de conteúdo e contato com analistas da instituição que vão ajudá-los a tirar todas as dúvidas sobre o empreendedorismo.

Um dos cursos digitais oferecidos pela instituição é o “Faça do seu negócio uma vitrine virtual”. O conteúdo totalmente on-line, ensina o empreendedor a criar uma loja virtual, como o e-commerce pode gerar lucro com o monitoramento de resultados e mostrar a importância do controle financeiro e da logística. O empreendedor também terá acesso a conteúdos de diversos temas como negócios, gestão financeira, planejamento, acesso ao crédito e renegociação de dívidas, redução de custo, home office e marketing digital.

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

Em outra ação o Sebrae Rio tem inscrições abertas para o programa de aceleração Impacta. A meta é contribuir com o fortalecimento dos negócios de impacto no Estado do Rio de Janeiro, abrindo a chamada pública para a seleção de 45 pequenos negócios (sendo MEI, microempresa ou empresa de pequeno porte) para serem acelerados pela metodologia Impacta.

É necessário que as empresas candidatas tenham um negócio que resolva um problema social e/ou ambiental identificado. As inscrições vão até o dia 30 de abril e podem ser realizadas pela internet ( https://conteudos.rj.sebrae.com.br/impacta-programa-de-aceleracao-sebrae). Durante seis meses, por meio de mentorias individuais, consultorias temáticas, workshops coletivos e encontros de rede e compartilhamento, os participantes do Programa receberão apoio especializado para estruturar seu modelo de negócio, melhorar suas vendas e faturamento, além de construir os indicadores de impacto do negócio. Todas as atividades serão on-line. O Programa IMPACTA é subsidiado com recursos do Sebrae Rio (89%) e o investimento realizado pelas empresas selecionadas será de R$ 425, podendo ser parcelado em 12 vezes, sem juros.

SEBRAE DELAS

E segue até o dia 28 as inscrições no Programa Sebrae Delas, que oferece capacitações e consultorias para donas de pequenos negócios. Atualmente, o Estado do Rio de Janeiro concentra mais de 2,08 milhões de empreendedores (conta própria e empregador). Do total desses negócios, 36% (cerca de 748 mil) são formados por mulheres empreendedoras (Pnad-C /IBGE do 4º Trimestre de 2020).

São 140 vagas para quem é enquadrada como Microempreendedora Individual – MEI e outras 60, para as donas de microempresas (ME). As inscrições são pela internet (https://lp.absuite.com.br/lp/EAZ/sebrae-delas). Para os dois públicos, MEI e ME, serão oferecidas capacitações coletivas e consultorias individuais, além de sessões de negócios e encontros estaduais para fortalecimento de redes.

Entre os temas que serão abordados estão “Inspiração e Empoderamento Feminino”, “Habilidades Comportamentais – Soft Skills”, “Planejamento Estratégico”, “Finanças” e “Marketing Digital”. O Programa terá duração de até sete meses, com início previsto para maio, sendo priorizada a realização de atividades, de forma remota, em ambientes digitais. O Programa é subsidiado pelo Sebrae Rio, mas as empresas selecionadas deverão efetuar o pagamento de R$ 100 (MEI) e R$ 300 (ME). Os valores poderão ser parcelados em até 12 vezes, por meio de cartão de crédito.

error: Conteúdo protegido !