Sassaricando – Oscar Nora – 3 de junho de 2020

0

Foto: Redes sociais

A Estrada Real é a maior rota turística do país. São mais de 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Surgiu no século 17, para o trânsito de ouro e diamantes garimpados das cidades de Minas Gerais até o Rio de Janeiro e daí até Portugal.
+
A partir de Ouro Preto, a Estrada Real se bifurca. Caminho Velho, via Tiradentes e Cunha terminando em Paraty, é a primeira estrada. Tempos depois, temendo o saque dos piratas do mar, foi aberto o Caminho Novo de Ouro Preto passando por Barbacena, Juiz de Fora e Petrópolis até o Rio de Janeiro. A pirataria não acabou por completo e até surgiu a turma do “santo do pau ôco”, mas isso é história para outra ocasião.
+
Nesta quarta-feira o jogador Fred estará no terceiro dia de pedalada na Estrada Real com destino ao tricolor, novamente seu clube até 2022. Dono de forte carisma, Fred tem tudo para renovar a alegria, da torcida e da tesouraria do Fluminense onde já brilhou antes por seis anos e se tornou o terceiro maior artilheiro da história do clube.

+
A volta de Fred vai além do provérbio popular “o bom filho a casa torna” e reacende mútua paixão. No período em que jogou no Fluminense ele brilhou nas conquistas dos títulos do Campeonato Brasileiro, em 2010 e 2012, e ajudou de forma marcante o clube escapar do rebaixamento em 2009 quando as chances de permanecer na elite eram mínimas.
+
Não é novidade para Fred andar de bicicleta, esse veiculo que hoje é o mais usado no mundo e cuja invenção não está bem definida. O chinês Lu Ban, que nasceu há mais de 2.500 anos vinha sendo cotado para receber o prêmio, mas a adesão a ele perdeu velocidade com a chegada do coronavírus.
+
Curiosamente, aliás, foi a pandemia que aproximou Fred da bicicleta. Em quarentena na sua fazenda, Fred passou a se exercitar numa bike e não quer sair do selim. Sábado, quando chegar ao CT do Fluminense, Fred terá perdido bons quilos no trajeto de 600 quilômetros a eles acrescentando os 7 desidratados na fazenda.
+
Na festa que certamente terá, Fred poderá se orgulhar de ter aproveitado a brilhante ideia da jornada ciclística para acrescentar toneladas de solidariedade as pessoas necessitadas. E, além dos aplausos de todos nós receberá, de onde ele estiver, uma afetuoso abraço do seu colega Domingos da Guia, o inventor da bicicleta no futebol.

error: Conteúdo protegido !