Sassaricando – Oscar Nora – 22 de maio de 2021

0

Foto: Allonso Viegas

O resultado do River Plate sobre o Santa Fé, não foi apenas a supremacia do líder sobre o lanterna do Grupo D na Copa Libertadores. Jogando sem banco de reservas, alternativa indispensável no futebol moderno, e ainda por cima obrigado a improvisar como goleiro um jogador do meio de campo, a vitória foi uma histórica façanha repleta de garra, altivez e determinação.
+
Esplêndida para os argentinos, a penúltima rodada classificatória do torneio foi horrível para os brasileiros. Santos, Palmeiras, Fluminense, Flamengo, São Paulo, ninguém venceu o adversário com exceção do Atlético Mineiro. O mais prejudicado de todos ficou sendo o Fluminense que terá na última rodada o mesmo River Plate, com problemas ainda maiores em seu plantel, mas esbanjando invejável alto astral.
+
Além disso, para avançar na competição até um empate basta ao River Plate. Para o Fluminense, não. Com 8 pontos ganhos, o tricolor tem no seu retrovisor o algoz Junior Barranquilla com seis. Não vencer ou empatar seu desafio poderá ser fatal ao Fluminense caso o Santa Fé não empate ou não conquiste sua primeira vitória.
+
Serão tensos e atípicos os duelos River x Flu e Santa Fé x Junior, programados para a próxima terça-feira em Buenos Aires e Bogotá. As partidas de futebol estão proibidas na Colômbia desde o início de maio e, ontem, o governo argentino decretou o lockdown no país até o dia 30 de maio, mas garantindo a partida entre argentinos e brasileiros.
+
Lembrando a epopeia da equipe do River Plate e do seu improvisado goleiro – a posição mais arriscada de todos que estão em campo – meu companheiro de trabalho, o brilhante comentarista Walter Cardoso garante que a tarefa do goleiro é tão importante, mas tão importante mesmo, que ela é cargo de confiança do treinador.
+
Enquanto aguardam o Vélez Sarsfield e o River Plate, Flamengo x Fluminense decidem no Maracanã o Campeonato Estadual. Clássico secular no futebol brasileiro, a primeira partida entre eles – Fluminense 3 x 2 Flamengo – foi no dia 7 de julho de 1912. Esta noite será o confronto 433. Adivinhando pela analogia dos números, a partida promete ser boa e de estratégias: 4+3+3 = 10. Dez é uma ótima nota e uma tática muito apreciada.
+

Foto: Julio Detefon

O Brasil conquistou mais três vagas nos Jogos Olímpicos Tóquio/2020. Dora Varella, Isadora Pacheco e Yndiara Asp agora se juntam ao Luizinho, primeiro brasileiro classificado no skate, esporte que faz sua estreia no torneio. Embora elas tenham sido eliminadas nas semifinais do Dew Tour, última seletiva da modalidade, elas asseguraram suas presenças porque fazem parte do exclusivo clube das 20 melhores do ranking mundial.
+

+

+

error: Conteúdo protegido !