Saque-aniversário de contas do FGTS começa em abril

0

SUL FLUMINENSE

Segundo dados da Caixa Econômica Federal (CEF), mais de 1,9 milhões de pessoas aderiram a modalidade de Saque-Aniversário de contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A novidade entra em vigor neste ano de 2020, após a modalidade Saque Imediato permitir retirada de R$ 998, desde 2019. Sobre o Saque Imediato, a CEF divulgou que aproximadamente 60 milhões dos 96 milhões de trabalhadores fizeram retiradas até R$ 998, abrangendo R$ 26,9 bilhões do valor total de R$ 42,6 bilhões liberados.

Pelo Saque-Aniversário o trabalhador pode retirar anualmente um percentual do saldo que tem disponível no fundo de garantia, sempre no mês de seu aniversário. Conforme regras do programa, o cadastro de trabalhadores que optaram por esta modalidade teve início em outubro, sendo necessário a comunicação do trabalhador para a CEF.

ADESÃO

A adesão ao Saque-Aniversário e a consulta de saldo pode ser realizada em uma agência, pelo aplicativo FGTS ou pelo site da CEF (www.caixa.gov.br). A liberação do dinheiro para os beneficiários começará no mês de abril. Os valores são escalonados de R$ 500 até R$ 20 mil. Ao solicitar, o trabalhador será informado do seu saldo. A quantia a ser retirada varia, obedecendo o percentual calculado sobre o saldo da conta que vai de 5% até 50%.

No Saque-Aniversário do FGTS o trabalhador não pode retirar a quantia total do fundo em caso de demissão sem justa causa, mas garante a multa de 40%. Quem desejar voltar para o saque-rescisão, é necessário aguardar um período de carência de dois anos. O saque seguirá um calendário específico para iniciar a organização, a partir de abril. Porém a partir de 2021 os meses de saque serão correspondentes ao mês de aniversário.

CALENDÁRIO DO SAQUE-ANIVERSÁRIO

​MÊS DO ANIVERSÁRIO                                           ​​DATA DE SAQUE
   Janeiro e Fevereiro                                    Abril a Junho/2020
         ​  Março e Abril ​                                   Maio a Junho/2020
​           Maio e Junho ​                                   Junho a Agosto/2020
         ​  Julho ​                                   Julho a Setembro/2020
         ​  Agosto ​                                   Agosto a Outubro/2020
​           Setembro                            ​        Setembro a Novembro/2020
         ​  Outubro                             ​       Outubro a Dezembro/2020
​           Novembro                             ​       Novembro/2020 a Janeiro/2021
​           Dezembro ​                                   Dezembro/2020 a Fevereiro/2021

 

Conforme regras do programa, o trabalhador que optar pelo saque-aniversário deverá escolher a data em que deseja que o valor esteja disponível: 1º ou 10º dia do mês de aniversário. Quem escolher o décimo dia retirará o dinheiro com juros e atualização monetária sobre o mês do saque.

TRABALHADOR ANALISA SAQUES

Na região, a modalidade tem mexido com os brios dos trabalhadores. “A margem de saque será maior, mas tenho medo de perder o emprego e não ter direito ao saque total do FGTS. Estou analisando, mas quase aderindo. O Saque Imediato é muito baixo, apenas R$ 500”, comenta o soldador Alexandre Mendonça, 32, ansioso em utilizar parte dos R$ 5.750 de FGTS que detém em conta.

Segundo a CEF, o trabalhador, quando demitido sem justa causa, tem o direito ao saque integral de sua conta do FGTS, acrescido da multa rescisória. Quem migrar para o Saque-Aniversário, e decidir voltar à modalidade Saque-Rescisão, poderá solicitar a reversão a qualquer momento. A alteração surtirá efeito no 1º dia do 25º subsequente da solicitação.

A migração para a modalidade Saque-Aniversário não é obrigatória. Quem não comunicar ao banco o interesse em migrar, permanecerá na regra anterior de saque-rescisão. Tanto o Saque Imediato quanto o Saque-Aniversário são opcionais, quem não aceita acesso aos valores permanece na regra tradicional com direito ao saque para compra de imóvel, aposentadoria, doença grave ou demissão sem justa causa.

A opção registrada pelo trabalhador passa a ter efeito imediato e pode ser realizada a qualquer tempo. Raíssa Pereira, 29 anos, tem R$ 3,2 mil de saldo em conta ativa do FGTS e vai analisar o novo sistema de saque anual. “Vou realizar uma projeção e ir na Caixa conversar com os atendentes. Tenho dúvidas, mas tenho vontade de aderir até esta sexta-feira”, comenta a esteticista.

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !