São Paulo Fashion Week chega ao fim e aponta novas tendências

0

SUL FLUMINENSE

A semana de moda paulistana chegou ao fim. Iniciada no último domingo a São Paulo Fashion Week levou as passarelas algumas tendências diretamente das passarelas do evento para se inspirar e aplicar no dia a dia.

Os vestidos da temporada, por exemplo, vêm com modelagens mais afastadas do corpo e um toque a mais de conforto, para fashionista nenhuma se sentir oprimida pelo look.

Essa foi à semana de moda paulistana edição de número 46, trazendo em evidência, as estampas tropicais e a moda sustentável, um tema mais em alta do que nunca nesta temporada.

VESTIDOS COM DNA NACIONAL

E mesmo os desfiles apresentando as coleções que vão estar em alta nas próximas temporadas, já da para se inspirar nos looks desfilados e sair na frente para arrasar nas tendências. Ao contrário da trend dos modelos curtíssimos e que parecem ter saído dos anos 80, que despontou nas semanas de moda internacionais, os modelos das passarelas brasileiras parecem estar mais adaptados à nossa realidade. Os modelos longos, por exemplo, apareceram em diversas passarelas e estilos, nos lembrando que não é necessário mostrar tudo para ser sensual.

MINIMALISMO É SUSTENTABILIDADE

A estilista Gloria Coelho levou um minimalismo cool para a passarela, misturando elementos casuais e esportivos a tecidos nobres e modelagens impecáveis. Isso pode ser visto, por exemplo, no vestido longo com capuz de corte supersimples, mas sem defeitos, feito em seda. O minimalismo também faz parte do DNA da Osklen, que apostou em modelos longos que vão do dia a dia à festa. Destaque para o modelo plissado — uma das principais trends desta temporada, mas também atemporal — construído em camadas em um tom de azul pastel. Além da pegada sustentável da marca, a própria peça é daquelas que vão durar por muitas temporadas no closet sem precisar ser substituída.

BABADOS E DECORATIVISMO

Igualmente casual e chique, Ronaldo Fraga, levou questões políticas e humanas ao seu desfile, apostou em modelos feitos em azul-jeans com aplicações decorativas com referência na cultura judaica. Já João Pimenta, que estreou nesta temporada sua coleção feminina na passarela, apostou em um dos elementos mais explorados nessa temporada: os babados.

TROPICALIDADE

A pegada tropical vem quente para o próximo verão. Veterano no mundo do beachwear, Amir Slama foi dos designers que apostaram nos babados, na latinidade, e nas estampas de flores e folhas. Outra que apostou nessa vibe foi a designer Patricia Bonaldi. Com uma atmosfera cheia de feminilidade, babados e borogodó, a marca apresentou os vestidos estampados pelos quais é famosa, além de uma recente linha de beachwear.

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !