Santa Casa terá polo de hemodiálise para atender até 70 pacientes

0

 

BARRA MANSA

No dia 20 deste mês, próxima quarta-feira, a Vigilância Sanitária Estadual estará em Barra Mansa para o processo de liberação de licença do Polo de Hemodiálise do Município, que foi construído na Santa Casa. Nesta sexta-feira, o prefeito Rodrigo Drable (MDB) comemorou o fato após visitar as instalações e disse ser a solução de um problema muito antigo que assola pacientes que necessitam do tratamento. A expectativa é que a inauguração ocorra ainda neste mês.

“É a realização de um sonho porque Barra Mansa não vai depender agora de mais ninguém para oferecer tratamento digno para quem necessita. Além de gerar quase 30 postos de trabalho, o principal é que o tratamento terá qualidade. Foram seguidos os maiores padrões de saúde, maquinário novo, televisão individual para cada paciente, um ambiente climatizado. Dignidade, qualidade e conforto para os pacientes”, contou o prefeito. O local terá 17 cadeiras e o funcionamento será em quatro turnos, permitindo atendimento a cerca de 70 pacientes fixos, em média. “O mais importante também é que a clínica será dentro de um hospital, o que ajudará caso ocorra alguma intercorrência médica”, apontou Drable ao A VOZ DA CIDADE.

Barra Mansa, ao longo dos anos, enfrentou vários períodos sem clínica para hemodiálise por conta de dívidas. Na atual gestão, o prefeito afirmou que pagou dívida e existia uma relação saudável com a empresa prestadora de serviços, a Clínica de Doenças Renais (CDR). Porém, agora será feito pela própria Secretaria de Saúde com a Santa Casa e o usuário deixará de ter o medo de um tratamento suspenso, ganhando o direito de ser atendido em Barra Mansa.

Segundo o secretário de Saúde, Sérgio Gomes, foi feito um duro trabalho para chegar ao ponto da liberação estadual da licença. Ele lembrou que na gestão do ex-prefeito Roosevelt Brasil o serviço acontecia na Santa Casa, mas por falta da sala amarela o estado decidiu acabar. “Eu lutei para que isso não acontecesse, mas quando saí, na gestão de Zé Renato, foi mesmo cancelado e, desde então, foi feito pelo CDR. Além do problema de muitas vezes suspensões do tratamento por falta de pagamento, pacientes eram obrigados a ir para outras cidades fazer a hemodiálise. E isso agora vai acabar”, comemorou.

INAUGURAÇÕES

Também nesta sexta-feira , o prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, entregou duas obras para a comunidade de Saudade: a construção da quadra poliesportiva e a revitalização da praça. O chefe do Executivo assinou a ordem de serviço para a reforma geral do Colégio Municipal Washington Luiz, outra importante obra para a localidade.

Segundo informações do Secretário de Manutenção Urbana, César Carvalho, a construção da quadra foi realizada com recursos do Governo Federal, oriundos do Ministério das Cidades. “Já a revitalização da praça foi executada com recursos próprios e abrange os serviços de reforma dos bancos, da academia da terceira idade, dos brinquedos, canteiros e parte do piso”, detalhou César.

‘Todos os caminhos levam ao cristo’

Representantes dos 15 municípios da Região do Vale do Café se reuniram na quinta-feira, para primeira reunião de elaboração do projeto ‘Todos os Caminhos Levam ao Cristo’. O encontro foi realizado na Fazenda Rochinha, no distrito de Floriano, com a participação do prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable. Apresentado pelos assessores especiais da Secretaria Estadual de Turismo, Otávio Leite, Sandro Gonçalves e Sérgio Martins de Almeida, o projeto visa fomentar o turismo religioso, por meio do caminho inverso ao tradicional, partindo de Aparecia, em São Paulo, ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. No município a peregrinação, programada para o dia 6 de abril, passará pelo distrito de Amparo.

Na ocasião, também foi eleita a chapa do Conselho Regional de Turismo do Vale do Café (CitVale), ‘Unidos pelo Vale do Café’, presidida pela gerente de Turismo da Prefeitura de Barra Mansa, Bhella Santos.

O projeto está sendo alinhando. É o que afirma presidente eleita do CitVale. “O trajeto poderá ser feito por caminhada, bicicleta ou ainda a cavalo. Nossa prioridade é definir e consolidar a rota para incentivar o turismo religioso no Estado. Durante o encontro, foi apresentado um fluxo variado de peregrinos por meio de caminhadas, bicicletas e cavalgadas e grande potencial para formatação de um novo e relevante produto turístico para o Estado”, pontuou Bhella.

Além de Barra Mansa, participaram representantes dos municípios de Vassouras, Valença, Rio das Flores, Piraí, Engenheiro Paulo de Frontin, Paty do Alferes, Paracambi, Miguel Pereira, Mendes, Barra do Piraí, Pinheiral, Paraíba do Sul, Volta Redonda e Rio Claro. Também estiveram presentes o padre Krzystof Sopicki, integrantes da Câmara de Dirigentes e Lojistas de Barra Mansa (CDL-BM) e da Associação Comercial, Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviços (Aciap).

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !