Samuca Silva recebe grupo de guardas municipais após mobilização de servidores

0

VOLTA REDONDA

O prefeito Samuca Silva recebeu nesta segunda-feira, 11, um grupo de guardas municipais para ouvir reivindicações da categoria. O encontro aconteceu no Palácio 17 de Julho e teve a participação do secretário municipal de Administração, Carlos Baía, e do procurador geral do município, Augusto Nogueira. O encontro ocorreu após uma mobilização da categoria, no domingo, com a paralisação parcial das atividades dos guardas reivindicando melhorias como o plano de cargos, carreiras e salários, estrutura e condições de trabalho, gratificação e aposentadoria, entre outros benefícios. Segundo ofício remetido ao governo, o Sindicato dos Funcionários Públicos do Município de Volta Redonda informou que 70% do efetivo da Guarda Municipal permaneceu aquartelada no domingo, dia 10. A paralisação parcial das atividades, tendo como justificativa, segundo a entidade, que todas as tratativas que foram feitas junto a Administração não surtiram efeito.

Após o impasse, nesta segunda-feira uma comissão de guardas teve uma reunião com o chefe do Executivo. Na pauta de assuntos estava o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS). De acordo com o prefeito, o plano foi implementado para o servidor em geral e o valor foi atrelado ao aumento da arrecadação. “Estamos estudando a melhor forma de pagar e o plano está sendo implementado gradativamente. Há anos os servidores não recebiam, nem eram recebidos para falar do assunto. O novo governo reabriu o diálogo e começou a efetivamente pagar”, explicou Samuca Silva.

Outro tópico da reunião foi o porte de arma da Guarda Municipal que, segundo o prefeito, o processo está parado na Justiça e a prefeitura está trabalhando em renovação de convênio, até que seja feita adequação à nova legislação. “Compramos 40 mil munições e estamos trabalhando para resolver essa questão. No próximo dia 21, terei uma reunião com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e pedirei atenção a esse assunto”, afirmou Samuca.

Em relação ao almoço recebido pelos guardas municipais, Samuca Silva destacou que este é um problema de todos os servidores e que, em breve, dará a solução não só para a Guarda Municipal, mas para todos. A reunião teve ainda negociações referentes aos coletes utilizados pelos guardas, a gratificação dos motociclistas, e o RAS (Remuneração Adicional de Salário), que foi criada para ser paga aos agentes e vigias patrimoniais que fazem serviço em horário de folga, após cumprirem as horas de descanso previstas em lei.

ENCONTRO QUINZENAL

O secretário de Administração, Carlos Baía, acordou com o grupo de guardas que será criada uma comissão da corporação para ser recebida a cada 15 dias por ele, para atualizar os guardas sobre o andamento dos pontos apresentados na reunião. “Vamos analisar item a item das reivindicações e, já na próxima quinta-feira, nos reuniremos novamente para atualizar as informações. Veremos o que é e o que não é possível, além de estudar propostas que sugerimos que sejam trazidas até a administração”, explicou Carlos Baía, que já visitou a sede da Guarda Municipal e anotou algumas melhorias que precisam ser feitas no local.

Os guardas municipais realizam mobilização neste fim de semana, em Volta Redonda

Para o guarda municipal Alessandro Gomes, que participou da reunião desta segunda-feira, a abertura do diálogo com a administração municipal foi proveitosa. “Vamos aguardar a decisão, a próxima reunião, se algo vai ter andamento. O secretário ficou de verificar nossas questões. Foi o que a gente queria, o diálogo com o prefeito”, afirma.

Samuca Silva reafirmou que está à disposição para receber os guardas e, sempre que puder, participará das reuniões. “Demos o status de secretaria para a Guarda Municipal, compramos viaturas e uniformes novos, recentemente foi realizada a prova do concurso para a admissão de mais guardas municipais. Estamos investindo na corporação e trabalhando de forma transparente, para que eles sejam valorizados cada vez mais. Quem ganha é a população de Volta Redonda”, frisou Samuca Silva.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !