Saldão de Natal movimenta vendas nas lojas físicas e on-line

0

SUL FLUMINENSE

Enfim chegou o momento de liquidações de produtos do Natal, fato esperado por parte dos consumidores que tiveram paciência pra controlar a ansiedade de ir às compras antes do dia 25. O chamado Saldão de Natal é uma realidade em grandes centros comerciais e magazines, a chance de tentar encontrar produtos com descontos que chegam a 60%.

Nas lojas da região as vendas foram tímidas até o momento, apesar da temática de saldão ser algo comum das grandes redes varejistas. Portanto, quem esperou por ofertas, até encontrou, mas sem o apelo de variedades. “Esperei passar Black Friday e Natal, confiando na queda dos preços. Encontrei a TV que queria, mas não tinha o desconto que imaginei. Optei por outra, semelhante, mas com oferta de 25% de abatimento no preço que estava na semana que antecedeu o Natal. Valeu a pena esperar”, comenta o aposentado Norival Pratti, garantindo uma smart TV de 50 polegadas, por R$ 1.450 numa loja no centro comercial de Resende.

A quinta-feira teve comércio funcionando normalmente e muitos clientes em busca das trocas de presentes e ofertas, claro. “Vi um anúncio sobre o saldão de Natal e vim conferir. Não gosto de comprar pela internet, quero ver o produto nas mãos, de perto. Achei um tablete e talvez leve ainda um celular. Baixou um pouco o preço perto do que estava no Natal, porém, fica limitado ao que eles colocam em oferta e não o que você deseja, uma pena” frisa o marceneiro Valdinei Lima.

O dia seguinte ao Natal foi recheado de ofertas e propagandas, tanto nas lojas físicas quanto nos sites das principais redes varejistas. Após receber e-mail de propaganda, a técnica de enfermagem Marilúcia Coutinho, foi à uma loja da mesma rede conferir os valores. “Disseram que são ofertas somente para este dia 26. Vou levar um ventilador e uma panela de pressão elétrica. Baixou uns R$ 100 o valor final se eu fosse levar antes do Natal’, comenta. O gerente Sandro Moreira, ficou contente com o retorno dos clientes e espera lucro na sua loja. “Tivemos um Natal bom de vendas, achei que o saldão fosse atrair menos fregueses, pra  minha felicidade e dos vendedores a quinta-feira tá sendo rentável”, disse.

Pela internet diversos sites adotaram o Saldão de Natal, alguns prometem estender as ofertas até o fim de semana. Em geral, os itens em destaque são de utensílios da cozinha, eletroeletrônicos portáteis, cama, mesa e banho e ate eletrônicos como smartphones e smart TV de LED. “O saldão implica tanto em oferta quanto em fim de estoque, portanto, quem esperava uma chance de comprar após o Natal o momento é agora. Não há garantia de estoque nem variedade. É uma oportunidade a mais nesse pós-Natal de vendas que de repente encaixa no orçamento. É fundamental levar o que for útil e tentar pagar à vista”, comenta a economista Eliane Barbosa.

error: Conteúdo protegido !