Sala Preta apresenta concerto em comemoração aos 10 anos do grupo

0

BARRA MANSA

O Sala Preta completa dez anos de atividades artísticas e apresenta o espetáculo musical ‘Contrariando o poder – Nosso Canto é Para Liberdade’, através dele, o coletivo se propõe a revisitar a história do grupo por meio de músicas autorais criadas para seus espetáculos teatrais.

A estreia acontece neste sábado, às 20h30min, no Tulhas do Café, no Parque da Cidade. A entrada custa R$ 10. As músicas passeiam por diversas sonoridades e ritmos musicais, como baião, ijexá, bossa-nova, lundu, funk, gospel, hinos cívicos invertidos, entre outros.

Além das canções, o concerto traz relatos de memória, textos e cenas curtas. Espetáculos como ‘O Cascudo Douradinho’, ‘Nasce uma Cidade’ e ‘Estamos em Obras’ são alguns dos que serão relembrados com nova roupagem. Os músicos Marcelo Martché e Guga Valiante, da banda Amplexos compõem a teia sonora. Na estética visual, o Sala Preta aposta na criatividade do artista Alexandre Pina que por meio do acervo de imagens do grupo apresenta ao público fragmentos da memória projetada ao vivo.

Desde a sua origem, o Sala Preta traz em seu DNA a musicalidade em seus trabalhos, fruto da pesquisa de Bianco Marques, um dos sócios fundadores do grupo, multi instrumentista e ator, que influencia na produção artística do coletivo e de diversos outros artistas. Ele também tem se dedicado à preparação vocal dos diversos espetáculos.  “As letras, como é de tradição do Sala Preta, falam de política, ética, poder, humanidade, realidade, poesia, vida, arte e mobilização social. Convidamos a todos que conhecem nossa trajetória e também aqueles que ainda não conhecem, para se aproximar e conhecer nosso trabalho. Desejamos que com esse espetáculo, o Sala Preta encerre este ciclo para que um novo se inicie em harmonia com as experiências dessa década”, conclui Bianco Marques.

 

 

error: Conteúdo protegido !