Rogério 157 pode ser transferido para prisão federal

0

RIO DE JANEIRO

Depois da repercussão da prisão com direito a selfies, a Secretaria Estadual de Segurança Pública do Rio de Janeiro está reunindo as informações necessárias para pedir a transferência de Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, para um presídio federal. A intenção foi anunciada na quarta-feira pelo secretário estadual de Segurança Pública, Roberto Sá, que explicou que a medida visa dificultar a comunicação do criminoso com outros membros de sua quadrilha.

Rogério 157 foi preso na manhã do dia 06, em uma operação integrada entre as forças de segurança estaduais e federais, na zona norte do Rio. O criminoso está detido no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste da capital.

“O caso será encaminhado à Vara de Execuções Penais para decisão, após análise do Ministério Público e da defesa do preso e posterior definição do Departamento Penitenciário Nacional, do Ministério da Justiça”, diz nota divulgada pela secretaria no começo da tarde de ontem.

O estado do Rio de Janeiro tem atualmente 76 presos em unidades prisionais federais. Um deles é Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, que disputa com Rogério 157 o controle do crime organizado na favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro.