Nova Santa Casa realiza mutirão de exames de eletrocardiograma

0

RESENDE

A Secretaria de Saúde promoveu no sábado, 15, o terceiro mutirão de saúde nesse mês com o intuito de zerar as filas de espera para a realização de exames de eletrocardiograma. A iniciativa reúne pacientes na Nova Santa Casa, no Lavapés, contabilizando mais de 138 pacientes nos dias 1º e 8, tendo a projeção de atender outros 80 pacientes agendados para este fim de semana. A previsão da administração municipal é fazer, no total, 220 eletrocardiogramas ao final de todo o processo. Segundo o governo, os pacientes aguardam pelo procedimento há algum tempo e na agenda padrão seriam atendidas apenas nas últimas semanas do ano.

A primeira etapa do mutirão, realizada no último dia 1º, contabilizou 71 procedimentos. Já na segunda, que aconteceu no dia 8, outras 67 pessoas foram atendidas. Nas duas ocasiões, no entanto, a expectativa era alcançar 80 pacientes em cada etapa. Na prática isso significa que mais de 20 pessoas deixaram de comparecer às duas primeiras etapas do mutirão, o que acabou prejudicando não só a dinâmica da ação, como o atendimento de outros pacientes. “Nosso objetivo é fazer com que os pacientes, especialmente aqueles que serão submetidos às cirurgias eletivas, façam o exame o mais rapidamente possível, e felizmente, nas duas etapas já realizadas, conseguimos atender grande parte da fila de espera. No entanto, ainda estamos registrando um número de faltas considerável, que acaba comprometendo os resultados do mutirão. Por isso, fazemos um apelo para que as pessoas convocadas não faltem, ou avisem sobre sua impossibilidade de comparecer, para que possamos convocar outros pacientes”, frisa o secretário de Saúde, Alexandre Vieira.

Os exames são realizados em sistema de mutirão reduzindo a fila de espera dos pacientes

A direção da Nova Santa Casa ressalta que é muito importante que os pacientes que estão aguardando para fazer os exames, mantenham seus contatos atualizados para receber os comunicados do governo sobre os atendimentos. “É muito importante que os pacientes mantenham seus cadastros atualizados nas unidades de saúde, pois no momento em que são decididas as datas dos mutirões precisamos nos comunicar com eles”, explica o diretor da Nova Santa Casa, Henrique Lima.

error: Conteúdo protegido !