Representantes do Degase e MEP incentivam a participação na eleição do Conselho Tutelar de Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

Neste domingo 6, haverá eleição para a escolha dos novos representantes   dos dois Conselhos Tutelares de Volta Redonda. O diretor da unidade do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) de Volta Redonda e ex-Conselheiro Tutelar de Resende, Thiago Carvalho, destacou a importância do Conselho Tutelar para cada cidade, exatamente por atuar no sistema de prevenção, na orientação das crianças e dos responsáveis. Lembrou que todos têm que participar da eleição.

Para o diretor, os adolescentes só vão para o Degase porque o sistema de prevenção socioeducativo falhou em algum ponto.  Disse que o Conselho Tutelar pode evitar que haja falhas no sistema de prevenção, evitando, por exemplo, a evasão escolar e outras situações de riscos que surgem. “Fica claro o dever do município, dos responsáveis das crianças e adolescentes e da sociedade organizada, estarem articulados no trabalho de construção de políticas infanto-juvenis que valorizem a dignidade das crianças e do adolescente”, destacou.

A especialista em linguagem e professora no Movimento Pela Ética na Política (MEP), Abigail Ribeiro, acolheu as ponderações do diretor do Degase. “O Conselho Tutelar, como instrumento de participação e construção de políticas públicas, em conjunto com a sociedade tem papel importantíssimo. Nosso voto vigilante faz a diferença”, destacou a professora, após debate com os alunos sobre o vídeo da Mesa de Debate com os candidatos do Conselho Tutelar, realizada na sede do MEP, na semana passada.

OS CANDIDATOS

Segundo foi definido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Volta Redonda, 16 candidatos estarão concorrendo aos dois Conselhos. Conforme a comissão organizadora do processo eleitoral, estão aptos a disputar a indicação Alessandra Silva de Oliveira Matos, Angélica Gabriene Camila Alves Santos, Bianca de Almeida Costa Alves, Bruno Baptista Nicolau, Daniela Aparecida de Souza Pessegueiro Gastão, Denise Gonçalves Vieira Silva, Douglas José de Lima Pereira, Elisabete Pereira da Silva Thiago, Juliana Ariela Santos de Almeida, Lígia da Silva Penha Pereira, Márcia de Souza Cruz Silva, Margarete Aparecida Ferreira Baffa Teixeira, Osmar Teófilo Maia, Richard Nunes, Rodnei de Souza Oliveira e Vilmar Alberto Casalli.

Vale lembrar que os nomes candidatos foram definidos depois da prova e da redação realizadas no dia 29 de julho logo. No exame foram eliminados 1833 pré-candidatos, que não atingiram a nota mínima para prosseguir o processo. Sobraram 15 nomes, mas devido a uma questão da prova que foi anulada, uma das pré-candidatas, a Elisabete Pereira da Silva Tiago conseguiu a aprovação também.

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !