Relatos de violência são detalhados no Parlamento da Venezuela

0

Nas redes sociais, Guaidó agradeceu o apoio “firme para recuperação da Venezuela” por parte do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e artistas de várias nacionalidades. “Obrigado por denunciar ao mundo a emergência humanitária que vive nosso país. O som da liberdade vai ecoar logo na Venezuela.”

Ontem (25) presidentes, vice-presidentes e chanceleres do Grupo de Lima se reuniram, em Bogotá, na Colômbia, defenderam a “transição democrática” na Venezuela que “deve ser conduzida pelos próprios pacificamente venezuelanos”, apoiados por meios políticos e diplomáticos, sem uso da força, como refletido na imprensa internacional.

error: Conteúdo protegido !