Prorrogadas as inscrições de edital de apoio e incentivo aos capoeiristas

0

BARRA MANSA

Com o objetivo de apoiar e valorizar a capoeira no município, a prefeitura e a Fundação Cultura, prorrogaram o prazo de inscrições até o dia 20 de setembro, as inscrições de edital de apoio e incentivo aos capoeiristas. Outra novidade é que a capoeira ficou ainda mais forte no município com a publicação da Portaria 64 de 2019 da Fundação Cultura no Noticia Oficial n°. 1.116, com o Edital de Fomento à Roda de Capoeira – Mestres.

Para se inscrever basta retirar o edital na sede da Fundação Cultura Barra Mansa, no Palácio Barão de Guapy que fica na Praça da Bandeira, s/n, no Centro da cidade, ou solicitá-lo através do email [email protected] Os contemplados receberão um conjunto de instrumentos tradicionais de capoeira com três berimbaus (gunga, médio e viola), um atabaque e um pandeiro, e ainda deverão escolher no ato da inscrição se querem receber um conjunto de dez uniformes, ou um kit de equipamentos com caixa de som, microfone e pedestais.

Com o objetivo de movimentar os mestres de capoeira da cidade que estão organizando um Conselho de Mestres, aconteceu em junho uma reunião no Palácio Barão de Guapy, com o presidente da Fundação Cultura Barra Mansa, Marcelo Bravo, com o objetivo de conhecer as demandas do setor. “Recebemos a demanda dos mestres da cidade e sabemos que é fundamental encontrar alternativas para fomentar e promover a sustentabilidade dos praticantes. Os mestres indicaram as principais necessidades e características dos grupos, para que um edital pudesse contemplar especificamente as demandas mais comuns”, disse o presidente da FCBM.

Mestre Lindinalvo, que além de ser professor de educação física é membro titular do Conselho Estadual de Mestres de Capoeira, vinculado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), vem consolidando o processo de criação do Conselho Municipal de Mestres, e destacou que é necessário o reconhecimento a cada um que faz e fez a pela capoeira na cidade, levando essa cultura aos bairros e distritos. “Hoje nós contamos com esse edital que procura fomentar a capoeira em nossa cidade. Tem sido uma discussão, pois os mestres acreditam que o fomento deve ser uma forma de premiar aqueles que colaboram para a manutenção da capoeira. Fizemos algumas reivindicações sobre o edital, mas avaliamos que é um bom trabalho para reconquistar uma confiança e também vemos como é um reconhecimento àqueles que procuraram trabalhar com a capoeira na nossa cidade”, afirmou o mestre.

O edital foi elaborado através de uma solicitação do prefeito Rodrigo Drable, de acordo com ele, o setor vem mostrando um grande crescimento e por isso precisa de mais apoio. “Temos mais de mil praticantes da capoeira na cidade. Em todos os bairros e distritos percebemos a presença de um grupo, seja na praça, na escola, em sede associações, e por isso devemos fomentar e instrumentalizar para que possam consolidar suas práticas e melhorar ainda mais suas atividades”, expressou o prefeito.

A Capoeira foi registrada em 2008 como bem cultural nacional pelo Ministério da Cultura por meio do IPHAN e, em 2014, devido à sua expressão cultural, recebeu o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco.

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !