Projeto para pedreira desativada de Volta Redonda ganha novo aliado

0

O Projeto “Pedreira da Voldac”, que é defendido por ambientalistas e entidades sociais de Volta Redonda e vem reunindo forças, ganha mais um aliado. Trata-se do Coletivo Água Viva-VR, fundado em 2018. Representado pela acadêmica de psicologia, Natália Oliveira Vieira, a entidade participou na manhã de ontem de uma reunião de trabalho para tratar do assunto.

A iniciativa do encontro, segundo a equipe do Pedreira da Voldac, partiu do Coletivo Água Viva-VR. Inicialmente, Natália falou contou a história e falou sobre os objetivos do Coletivo. “Começamos com atividades de limpezas nos rios e escolhemos o Rio Brandão como piloto. No meio do caminho, descobrimos que precisamos avançar e trabalhar também projetos de educação ambiental e empreender”,  destacou Natália. “Ao tomarmos conhecimento da pedreira, pensamos que juntos podemos fazer mais para nossa cidade”, completou.

INICIATIVA ELOGIADA

A representante da equipe do Projeto Pedreira, Gabriella Teixeira, ligada ao Movimento Pela Ética na Política (MEP), elogiou a iniciativa e falou da importância da parceria e dos passos dados até momento. Ela informou que está organizando a primeira plenária aberta sobre a pedreira no dia 16 próximo. Será na sede da Associação dos Engenheiros de Volta Redonda (AEVR), no bairro Vila Santa Cecília. “A participação da equipe do Coletivo Água seria importante e mais, estamos no preparando para um grande mutirão de limpeza, reconhecimento e visibilidade da pedreira”, contou Gabriella.

No final do encontro, as duas partes selaram compromissos.  Um deles será a participação e apoio ao evento ambiental do Coletivo Água no dia 23 deste mês a ser realizado provavelmente no auditório do Centro Universitário Geraldo Di Biase  (UGB-Ferp). O objetivo, segundo Natália,  é reunir diversas pessoas ligadas às iniciativas ambientais da cidade.Ficou definido ainda um espaço para o Coletivo apresentar o projeto na plenária sobre a Pedreira da Voldac no dia 16.

Os participantes garantiram que saíram bem animados e satisfeitos da reunião com os jovens, que estão atuando na defesa da vida em seus espaços tão agredidos.