Programa Brasil Mais entra no segundo ciclo de capacitações; inscrições estão abertas e a nova etapa começa no dia 28

0

RIO DE JANEIRO

O programa Brasil Mais entra em uma nova fase. As inscrições para o segundo ciclo já estão abertas e podem ser feitas pelo site (https://conteudos.rj.sebrae.com.br/lp-captura-brasil-mais). Nesta etapa, que terá início no dia 28 de junho, o Sebrae Rio capacitará 750 micro e pequenas empresas dos setores de comércio e serviços, com consultorias 100% gratuitas presenciais e on-line.

O programa terá duração de quatro meses e a meta é elevar a produtividade das empresas, por meio do aumento do faturamento e da redução de custo. No primeiro ciclo foram atendidas 600 empresas. Até o fim de 2022, a meta é atender 3,3 mil pequenos negócios do Estado do Rio de Janeiro.

O programa se baseia em quatro pilares: problema, solução, implantação e avaliação. Para Ana Lucia Lima, gerente de Projetos do Sebrae Rio, a proposta do Brasil Mais é promover o crescimento das empresas e gerar oportunidades de empregos. “No primeiro trimestre, as micro e pequenas empresas do estado contrataram mais de 28 mil funcionários. Esse projeto faz a diferença na produtividade dos pequenos negócios, com resolução de problemas, aumento da capacidade das empresas e aprimorando os processos internos das empresas”. afirma.

Para quem empreende, os desafios são muitos. A sócia-proprietária de um petshop, Patrícia Luiz Ferreira, garante que as orientações do programa aliadas ao trabalho dos empreendedores serão fundamentais para o sucesso de cada empresa. “Vínhamos encontrando várias dificuldades relacionadas à gestão do tempo, liderança, rotinas administrativas, marketing, entre outros assuntos. Com a participação no programa, novos horizontes foram abertos e a cada encontro uma nova solução foi encontrada. Recebo conteúdos e ferramentas que nos ajudam a melhorar nossas práticas gerenciais”, argumenta.

Esses desafios e as soluções encontradas mostram a força do empreendedor. Por terem formações distintas, quando uma pessoa resolve empreender, ela precisa ter diferentes conhecimentos e aplicar as soluções que atendam sua empresa. É o que conta Fausto Martins, sócio e engenheiro chefe de uma empresa. “Participar do programa tem sido uma experiência enriquecedora e ao mesmo tempo desafiadora. Conseguimos ter uma visão de futuro e traçar prospecções claras. Tínhamos uma dificuldade de mostrar o nosso trabalho pelo marketing. Mesmo não terminando o ciclo, já conseguimos projetar de forma diferente a empresa no mercado”, comenta.

Com esse novo reposicionamento, as empresas começam a planejar novos voos. A sócia de um restaurante, Lilian Ribeiro, explica como o Brasil Mais contribuiu para as novas metas do estabelecimento. “Desde o início do programa, minha sócia e eu ficamos impressionados com a metodologia aplicada dentro das consultorias. Sou formada em Direito e tenho muitas dificuldades nas partes administrativas. Comecei a usar ferramentas que vem ajudando na profissionalização da gestão da minha empresa. Até o fim do programa, a empresa ganhará em produtividade e desenvolverá novas ideias”.

BRASIL MAIS

Coordenado pelo Ministério da Economia, com gestão operacional da ABDI e execução pelo SENAI e Sebrae, o Brasil Mais oferece a empresas soluções de baixo custo e de rápida implementação para melhorar a gestão, adotar tecnologias digitais, inovar processos e reduzir desperdícios. As inscrições são 100% gratuitas e realizadas apenas pela internet no link https://conteudos.rj.sebrae.com.br/lp-captura-brasil-mais.

A participação no programa também é gratuita. O empreendedor vai acessar o site, realizar a sua inscrição para que as empresas tenham um primeiro contato com as melhores práticas gerenciais e de mercado. Após essa etapa, o agente de inovação fará uma análise da empresa para entender o grau de maturidade e gestão. Com o apoio do empreendedor, o agente criará um plano de ação com soluções oferecidas pelo Sebrae, tanto na área de consultoria gerencial quanto na área de gestão e inovação.