PRF flagra transporte ilegal de pássaros e sob maus tratos na BR-393, em Vassouras  

0

VASSOURAS

No final da tarde de quarta-feira, dia 6, durante patrulhamento de rotina pela Rodovia Lúcio Meira (BR-393), no km 236, em Vassouras, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) registraram mais um flagrante. Desta vez ao abordar o GM Astra com placas de Vassouras, próximo ao bairro Grecco. O veículo era conduzido por uma mulher de 21 anos, que fazia o transporte ilegal de pássaros e sob maus tratos.

Indagada pelos agentes da PRF, a jovem teria informado que havia se deslocado de Barra do Piraí e seguia para o centro de Vassouras. Na sequência, os policiais encontraram no interior do carro quatro gaiolas com três pássaros silvestres da espécie “trinca ferro”. As aves, segundo os policiais, estavam sem anilhas dos órgãos de controle ambiental e apresentavam sinais de maus tratos.

PENA DE DETENÇÃO DE SEIS MESES A UM ANO E MULTA

Por se tratar de crime considerado de menor potencial ofensivo, apanhar e transportar animais da fauna silvestre sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, conforme consta no [art. 29, 1º, III, e 32 da Lei nº. 9.605/98], com pena prevista menor que dois anos, pena detenção de seis meses a um ano e multa,  foi lavrado e assinado o “Termo Circunstanciado” da PRF onde a jovem foi liberada para responder em liberdade, porém se compromete a comparecer ao JECRIM, ao ser intimada, para os devidos procedimentos perante as autoridades judiciárias.

De acordo com a PRF, a jovem também foi autuada por dirigir sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e teve o veículo recolhido ao pátio PRF para regularização. Já os pássaros entregues a Secretaria de Meio Ambiente de Paraíba do Sul. Após preparação e cuidados, as aves provavelmente seriam soltas em reserva ambiental, licenciada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).