PRF flagra condutores irregulares na Via Dutra

0

SUL FLUMINENSE

Na segunda-feira, dia 14, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou alguns condutores conduzindo veículos de forma irregular na Rodovia Presidente Dutra no Sul Fluminense.

O primeiro caso ocorreu no final da manhã de segunda-feira. A equipe da 7ª Delegacia da PRF realizava fiscalização de veículos no Km 287, Floriano, em Barra Mansa, quando por volta das 11h3min, foi abordado um Fiat/Palio com cinco ocupantes, sendo um deles uma criança de quatro anos. Na abordagem foi observado que nenhum dos ocupantes usava cinto de segurança, nem a criança estava em cadeirinha.

Ao ser solicitada a documentação, o condutor do veículo, de 24 anos, informou que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH), fato confirmado em consulta aos sistemas, além disso o licenciamento do veículo estava vencido desde 2012. O veículo foi retido no pátio da PRF e foram aplicadas as devidas multas por dirigir sem CNH, licenciamento vencido, não uso do cinto de segurança e dispositivo de segurança para a criança (cadeirinha), além de outras infrações encontradas, totalizando o valor de R$ 2.573,66.

MOTOCICLISTA COM CNH VENCIDA E DE CATEGORIA DIFERENTE

Outro caso ocorreu no final da tarde do mesmo dia. A equipe da 7ª Delegacia em ronda realizando Policiamento Ostensivo Dinâmico, na altura do Km 313 da Dutra, sentido Rio de Janeiro, em Itatiaia, às 18 horas, observou uma motocicleta Honda/CBX200, sem placa, com um casal. Foi realizada abordagem da motocicleta e ao ser verificada a documentação, além do veículo estar com licenciamento vencido desde 2009, o condutor de 26 anos estava com a CNH vencida e de categoria B, ou seja, só poderia dirigir automóvel e não motocicleta. A motocicleta foi retida e recolhida ao pátio. “Além dessas infrações, também foram encontradas outras, totalizando R$ 3.175,30 em multas de trânsito”, contou a PRF.

CONDUTOR SEM CNH EMBRIAGADO

Já no final da noite de segunda, um condutor embriagado e sem CNH foi preso. Ainda segundo a equipe da 7ª Delegacia da PRF, em ronda realizando Policiamento Ostensivo Dinâmico, observou um veículo VW/GOL, cor branca, seguindo no sentido Rio de Janeiro, mas, transitando de maneira irregular na rodovia, não mantendo o veículo na faixa de circulação, ziguezagueando algumas vezes; abordando o referido veículo na altura do Km 305 da Dutra, em Resende por volta das 23 horas. Quando o condutor saiu do veículo foi observado que apresentava sinais visíveis de embriaguez, com desequilíbrio, desordem nas vestes, fala embargada e desconexa, agitado, com odor etílico no hálito, olhos vermelhos e etc. Solicitada a documentação do veículo e dele, o indivíduo, de 33 anos, informou que não estava portando os documentos, que os havia deixado em casa.

“Mas, em consulta aos sistemas foi verificado que o licenciamento do veículo estava vencido desde 2014 e que o indivíduo não possuía CNH. Ao ser submetido ao teste do etilômetro foi constatado teor etílico de 1,20 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões), valor quatro vezes maior do que o suficiente para ser preso pelo crime de dirigir embriagado (0,30 mg/L)”, contou a equipe, completando que o mesmo confirmou que havia ingerido uísque.

Diante das constatações, o indivíduo foi preso em flagrante por dirigir embriagado e a ocorrência foi encaminhada para a 89ª Delegacia de Polícia (DP) de Resende para registro do flagrante. Na DP foi verificado que o indivíduo já tem diversas passagens criminais por agressão, ameaça, furto e outras mais.

Além da prisão, foram aplicadas multas por dirigir embriagado, sem CNH, licenciamento vencido e outras infrações encontradas, num total de R$ 5.184,22. O veículo foi recolhido ao pátio.

error: Conteúdo protegido !