PRF e NovaDutra realizam ação de conscientização aos motociclistas em Floriano

0

BARRA MANSA

Na manhã desta sexta-feira, dia 26, os motociclistas que pegaram a Via Dutra em direção a São Paulo, ao passarem pelo posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Floriano, se depararam com a ação conjunta da PRF e CCR Nova Dutra. O objetivo foi conscientizar os condutores sobre os cuidados necessários como veículo e direção segura. Além disso, foram distribuídas gratuitamente antenas de proteção contra linhas de pipas. A ação de conscientização faz parte do calendário de trabalho da CCR, que conta com o apoio de fiscalização e abordagem da PRF.

O Coordenador de interação da CCR, Othon Siqueira de Almeida disse que o maior objetivo é evitar acidentes na rodovia. Ele ainda citou algumas orientações dada aos condutores. “O motociclista tem que ter uma distância segura do veículo que está à frente, pois isso ajuda no tempo de reação. Outro ponto importante à ser destacado é que o condutor não deve cortar pelo corredor ou ficar atrás de caminhões pegando vácuo para evitar a resistência do vento.

Othon ainda falou a respeito do motociclista está mais vulnerável, uma vez que a motocicleta não proporciona tanta segurança como, por exemplo, o carro. “A maioria dos acidentes com motociclistas nas rodovias causam lesões graves. Por isso a necessidade da conscientização desses condutores”, disse.

PRF fiscaliza e orienta

De acordo como supervisor de operações da equipe da PRF, Carlos André Nogueira Fernandes, a Polícia Rodoviária tem o costume de realizar ações de orientações a autuações, e, que existem as ações conjuntas com a CCR, de interesse de ambos. Ele ainda explicou que na ação para os motociclistas a PRF além de orientar o trânsito e auxiliar na segurança, também fiscalizaria e, se necessário, realizaria autuações. “Algumas das infrações que pode levar esses condutores a serem autuados são a condução sem habilitação, motociclista sem a categoria A na carteira de motorista. O pneu careca, que pode ser um fator para um acidente, e não está utilizando o calçado adequado para a condução”, ressaltou.

Ele ainda falou sobre a importância do condutor utilizar a antena de proteção. “Apesar de não termos uma situação constante de acidentes com as linhas de pipa, tem locais onde muitas pessoas soltam pipas próximas as rodovias, e, muitas vezes utilizando o cerol na linha ou a linha chilena que é altamente cortante. E isso é perigoso e deve ser prevenido, pois podem causar lesões graves e até mesmo amputações de membros e, na pior das hipóteses, a morte”, finalizou.