PRF divulga balanço parcial das ocorrências registradas na Dutra durante Operação Proclamação da República

0

SUL FLUMINENSE

Acontece nas rodovias federais a Operação Proclamação da República. Na região ela é realizada pela 7ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) desde quinta-feira e segue até este domingo, 17. A PRF divulgou neste sábado as ocorrências registradas no trecho que corta a região, que vão desde motorista sem Carteira Nacional de Habilitação a acidentes e flagras de pessoas embriagadas.

Na tarde de sexta-feira, a equipe da PRF foi acionada para atender acidente, onde um carro se chocou contra a mureta central da Rodovia Presidente Dutra, Km 316, altura de Itatiaia. O motorista, de 48 anos estava em um Citroen/Picasso. O passageiro, 49 anos, sofreu ferimentos leves. Os indivíduos contaram que se tratava de carona compartilhada de aplicativo (Blablacar). O motorista foi submetido ao teste do bafômetro e apresentou resultado de 0,26 mg/L, o que não caracteriza crime apenas infração de trânsito. Por conta dos ferimentos causados ao passageiro, o condutor foi detido e enquadrado em lesão corporal culposa na direção, com agravante referenciado no parágrafo 2° do artigo 303 do Código de Trânsito Brasileiro, devido à ingestão de álcool. Foi lavrado um Boletim de Ocorrência Policial da PRF e encaminhado para a 99ª DP de Itatiaia. Já o veículo foi removido para o pátio por estar com licenciamento vencido.

“A BlaBlaCar lamenta o ocorrido e informa que o condutor foi suspenso da plataforma. Estamos também em contato com o passageiro para solucionar o ocorrido”, informou a empresa em nota.

No mesmo dia, ainda durante a tarde, no Km 257, altura de Volta Redonda, um veículo VW/Spacefox foi abordado. Em consulta ao sistema, foi verificado que o condutor perdeu o direito de dirigir até 2021, além do que o mesmo estava sem a carteira de motorista. Foi liberado e responderá processo em liberdade.

Outro motorista, sem CNH, foi abordado na altura de Volta Redonda, na Serrinha de Arrozal pela PRF. A ação foi na manhã deste sábado. O motorista, de 31 anos, dirigia um veículo Renault/Logan. Em consulta aos sistemas foi constatado que a CNH do homem está suspensa desde julho de 2019 até o mês de fevereiro de 2020.

Ele responderá processo em liberdade, foi autuado e o veículo ficou retido até que uma pessoa habilitada possa fazer a retirada.

ACIDENTE

Já na madrugada deste sábado, em ronda relativa a operação, os agentes abordaram um Fiat/Tipo, no KM 304, altura de Resende. O veículo tinha quatro ocupantes, todos jovens, segundo a PRF, visivelmente embriagados, até mesmo a condutora de 21 anos. Disse que era a proprietária do carro, mas estava sem a habilitação, teria ingerido bebida alcoólica e consumido maconha. “Ao ser feita revista no interior do veículo foi encontrada uma porção de maconha q a condutora assumiu ser dela. A jovem foi submetida ao teste do etilômetro com resultado de 0,11 mg/L, índice suficiente apenas para infração de trânsito, mas, por não possuir CNH a condutor gerou perigo de dano, caracterizando o crime de trânsito”, disse a PRF.

A condutora responderá em liberdade. O carro estava com licenciamento vencido desde 2014. Foram aplicadas multas e o carro levado para o pátio da PRF.

SURTO PSICÓTICO

Na manhã de hoje, sábado, policiais rodoviários foram averiguar denúncia de que um andarilho desorientado estava circulando na faixa de rolamento da rodovia, Km 293, em Porto Real. Constataram que o homem, 46 anos, estava descontrolado e muito agressivo. Ele teria parado na pista de rolamento, em frente a um ônibus, obrigando o veículo a parar para não atropelá-lo. Ele então entrou no ônibus, tentou assumir banco do motorista, foi contido e algemado pelos policiais que contaram com apoio da equipe de resgate da NovaDutra. Foi encaminhado ao Hospital de Emergência de Resende, pois estava apresentando grave surto psicótico.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !