Preso em Angra dos Reis homem que prometia emprego e usava documentos das pessoas para fazer compras

0

ANGRA DOS REIS
Agentes da 166ª Delegacia de Polícia (DP), coordenados pelo delegado titular, Vilson de Almeida, após período de investigação, prenderam na segunda-feira, dia 18, em Angra dos Reis, um homem sob suspeita de estelionato. O suspeito, que foi preso na residência, oferecia empregos e usava documentos das pessoas para utilizar os cartões de crédito, lesando as vítimas, que, além de lesadas continuavam sem o emprego prometido.
Segundo informou o delegado responsável pelo caso, a investigação apontava que diversos cartões e documentos, de pessoas a procura de emprego estariam no imóvel do suspeito. A informação era também de que a documentação das vítimas vinha sendo utilizada pelo fraudador. Na casa dele os agentes encontraram diversos cartões de crédito, além de cópias de identidades, comprovantes de residências e correspondências de terceiros.
O SUSPEITO SE APRESENTAVA COMO ADVOGADO
Para atrair as pessoas que estavam em busca de emprego, o suspeito se apresentava como advogado e apresentava uma carteira de identidade com dados divergentes aos seus, documento que exibia sua própria fotografia, sobreposta à original. Ele foi preso em flagrante e levado para a 166ª DP, onde o material apreendido na casa dele foi apresentado. O delegado acredita que outras pessoas foram vítimas deste golpe. Na unidade policial, o homem teria confessado que não é advogado e que estava tentando fazer uso do cartão e crédito das pessoas para a realização de compras e contratação de serviços de seu interesse.
A Polícia Civil solicita a colaboração da população para tornar Angra dos Reis uma cidade mais segura. Para denunciar qualquer tipo de crime ou informar o paradeiro de marginais, basta ligar para o whatsapp da 166ª DP 24-99935-1747. O delegado garante que o sigilo é garantido.