Prefeituras de Barra Mansa e Quatis se reúnem para celebrar Dia da Consciência Negra

0

BARRA MANSA/QUATIS

Para celebrar o Dia da Consciência Negra, lembrado neste dia 20, a vice-prefeita de Barra Mansa, Fátima Lima, e a gerente da Gerência de Promoção da Igualdade Racial (Gepir), Deviane Costa, visitaram nessa terça-feira, dia 19, o Quilombo de Santana, localizado no município de Quatis, onde vivem aproximadamente 40 famílias. O diálogo sobre o tema aconteceu na Escola Municipal Irmã Elizabeth Alves. O objetivo foi aproximar as cidades envolvidas no Consórcio de Políticas de Promoção de Igualdade Racial da Região do Médio Paraíba. O encontro surgiu de um convite de Quatis, por meio do Cras volante e da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

Na ação, estiveram presentes também a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos de Quatis, Rosana De Bem, membros da Pasta, da Secretaria de Educação do município, professores da escola e moradores quilombolas. O encontro incentivou a interação entre o Poder Público e a comunidade, além de aproximar os municípios no fortalecimento da Política de Igualdade Racial.

Segundo Fátima Lima, a união foi promovida entre as duas gestões para alcançar o bem comum. “Precisamos trabalhar juntos com outros municípios. Queremos estar juntos, não adianta nossa cidade avançar e os outros municípios não”, disse, ressaltando o trabalho feito em Barra Mansa no sentido de estimular a igualdade racial entre os cidadãos. “Atualmente nós trabalhamos as políticas que promovem a igualdade. Vamos para as escolas, fazemos seminários junto com os professores, trabalhamos a cultura afro com os alunos. O prefeito Rodrigo Drable apoia e nos oferece o suporte para a continuidade da política de promoção racial”, frisou.

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos de Quatis, Rosana de Bem, explicou como é realizado o trabalho da Pasta no Quilombo de Santana. “Estamos presentes através da equipe volante que é vinculada ao Cras Centro e que faz todo o atendimento do território rural, inclusive o Quilombo. Propiciamos sempre que a equipe possa se reciclar. Eles fazem um trabalho muito de perto com as famílias e nós trabalhamos juntos com as outras políticas, em especial, com a educação”, relatou Rosana.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !