Prefeitura realiza palestra em alusão ao Combate ao Abuso Infantil para estudantes de Resende

0

RESENDE

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos realiza neste mês a “Campanha Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” nas unidades de assistência social e seus respectivos territórios. A campanha é promovida em alusão ao Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado no dia 18. As ações acontecem nas unidades dos Centro de Referência de Assistência Social (Cras) em formato de rodas de conversas e no e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), serão realizadas palestras. Nesta quinta-feira, dia 19, a equipe do Creas estará no Colégio Estadual Pedro Braile Neto, no bairro Jardim Jalisco.

Segundo a equipe do Creas estará nesta quinta-feira, no Colégio Estadual Pedro Braile Neto, no bairro Jardim Jalisco, onde acontece palestra voltada para os estudantes da turma da formação normal e também para os profissionais. O encerramento das atividades acontecerá neste domingo dia 22, com uma ação de sensibilização, na Feira Livre do Parque das Águas.

A coordenadora do Creas, a assistente social Andreza de Souza Gomes, destaca que a campanha é direcionada aos usuários da Rede Socioassistencial, como por exemplo, o Cras, e também a Rede Intersetorial, como por exemplo a Educação e seus profissionais. As rodas de conversas alusivas a data, abordam sobre a identificação dos abusos e exploração sexual contra crianças e adolescentes e os principais sinais que as crianças apresentam quando estão vivenciando essa situação. Além das principais formas de abuso e os aspectos da lei sobre essa temática. “A campanha tem como objetivo sensibilizar a população na necessidade de ter uma atenção com esse tipo de violação contra crianças e adolescentes. Pois, o abuso sexual acontece dentro das próprias casas e geralmente praticado por pessoas próximas a família, como pais ou padastros, que não imaginamos realizar estes abusos. Por isso é muito importante falarmos sobre esse assunto e sensibilizar a sociedade sobre o tema, assim como a forma de identificação e canais de denúncia”, frisou a coordenadora.

A assistente social disse que a população pode fazer denúncias pelo Disque 100 e Conselho Tutelar, através do telefone: (24) 99231-5712, que também podem ser feitas de forma anônima. Enquanto que o Creas realiza o acompanhamento psicossocial da família após a constatação da violação.

O Creas funciona na Rua Coronel Alfredo Sodré, n°200, no bairro Vila Santa Cecília. Os telefones de contato são (24) 3360-9775 ou 3360-9516.