Prefeitura realiza mais de 1,7 mil cirurgias de esterilização no projeto Castramóvel em Resende

0

RESENDE

Em balanço divulgado, a Prefeitura de Resende, realizou no ano passado 1.782 cirurgias de esterilização no Projeto Castramóvel no município. O levantamento engloba os dois castramóveis existentes na cidade.

O projeto do Castramóvel começou a funcionar em julho de 2020, no Parque das Águas, no bairro Jardim Jalisco. A iniciativa busca atender o público residente, principalmente, nas áreas mais afastadas e área rural. O castramóvel itinerante consiste na triagem, marcação e realização de cirurgias. Para que seja feito todo o processo, o tutor do cão e do gato deve ser maior de 18 anos e apresentar um documento oficial com foto e comprovante de residência.

Vale destacar que os animais precisam estar bem de saúde, sem enfermidades e ter, pelo menos, seis meses de vida para passar pela castração.

Desde então, as unidades percorreram diversas localidades como a região das Barras, Vargem Grande, Surubi, Campos Elíseos, entre outras. Atualmente, as unidades móveis estão estacionadas no distrito de Visconde de Mauá e na Vila Militar. Os tutores podem buscar atendimentos para seus animais das 9 às 16 horas.

“É importante reforçar que quando o animal é castrado, ele previne doenças, aumenta seu tempo de vida e ainda diminui o número de possíveis animais abandonados. A saúde animal de Resende vem sendo reconhecida em vários municípios da região e do estado, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e o trabalho itinerante dos castramóveis. Além de profissionais capacitados e dedicados ao cuidado dos animais, com equipamentos necessários para as cirurgias e atendimentos”, disse o secretário de Saúde, Jayme Neto.

Além do castramóvel, as cirurgias também acontecem no Centro de Controle de Zoonoses. O CCZ funciona na Rua Eurídice Paulina de Almeida, n° 415, no bairro Vicentina II, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Deixe um Comentário