Prefeitura intensifica sinalização e fiscalização contra carretas no distrito Amparo

0

A Secretaria de Ordem Pública, através da Guarda Municipal de Barra Mansa e do Coortran (Coordenadoria de Trânsito e Transporte), irá intensificar nos próximos dias a sinalização e a fiscalização no distrito de Nossa Senhora do Amparo, que tem sofrido com o alto fluxo de veículos pesados, causando transtornos nas ruas e residências do local. Na manhã desta segunda-feira, dia 6, o comando da Guarda Municipal, representante do Coortran e a vereadora Maria Lúcia estiveram no distrito para buscar soluções para o problema.

O tráfego de veículos pesados – caminhões e carretas acima de três eixos está proibido no perímetro urbano do distrito, através do decreto nº 8939 de 25 de agosto de 2017, assinado pelo prefeito Rodrigo Drable. A desobediência por parte dos motoristas é passível de multa e medidas administrativas cabíveis através do CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Joel Valcir, a sinalização será melhorada nos próximos dias. Em um espaço de duas semanas, a Guarda retornará ao distrito para iniciar a fiscalização. “Queremos trazer a paz social e o sossego aos moradores de Amparo. As carretas estão passando por aqui para evitar o pedágio em direção a Minas Gerais, além também da fiscalização em relação ao excesso de peso. Isso tem afetado muito o distrito, com casas rachadas, ruas esburacadas, e queremos solucionar este problema pelo bem da população”, disse o comandante.

Para o Gerente de Trânsito e Operações do Coortran, Carlos Eduardo Cruz, o órgão ficará responsável por melhorar a sinalização no local, colocando placas proibitivas e faixas em áreas de destaque. “Nosso objetivo é melhorar e intensificar essa sinalização proibindo o trânsito de carretas. A partir do nosso serviço, a Guarda poderá tomar as medidas através da fiscalização”, completou.

Moradores alegam que fluxo está sendo prejudicial às residências

Para o presidente da Associação de Moradores do Distrito de Amparo, Sebastião Hamburgo, o tráfego de veículos pesados está causando rachaduras nas casas dos residentes, além também da estrutura da Igreja Nossa Senhora do Amparo, que está sendo danificada pelas carretas e caminhões.

“Os veículos estão prejudicando as casas com rachaduras, além de estarem também estragando as nossas ruas. Todos os moradores estão reclamando e sendo afetados, até um patrimônio histórico nosso como a Igreja também está sofrendo as consequências. A verba do Poder Público que será utilizada para melhorar nossas ruas poderia ser destinada para outras causas, caso houvesse uma obediência maior por parte dos motoristas”, reclamou Sebastião.

error: Conteúdo protegido !