Prefeitura e o DER-RJ podem fechar parceria para manutenção da RJ 163 que liga a região serrada de Visconde de Mauá

0

RESENDE

A Prefeitura, por meio da Defesa Civil do município e o Departamento de Estradas e Rodagem (DER-RJ) poderão formalizar uma parceria para manutenção da RJ-163, uma via estadual que liga a Via Dutra e a região serrana de Visconde de Mauá. Uma reunião realizada na última quarta-feira, na própria estrada, contou com o vice-presidente do DER-RJ, Raul Marques Fanzeres, do diretor da Defesa Civil de Resende, Atanagildo Oliveira Alves, além do prefeito Diogo Balieiro Diniz (Democratas) e de engenheiros do corpo técnico de ambas as frentes.

O diretor da Defesa Civil de Resende disse que a reunião deu o pontapé inicial para que um acordo entre a nova gestão estadual e a prefeitura seja selado. No encontro, os representantes do estado falaram sobre o planejamento para realizar intervenções em ao menos dois pontos da RJ-163 nesta primeira fase, pois são áreas que já possuem as licenças ambientais necessárias para serem corrigidas. Para isso, o vice-presidente do DER manifestou a importância da parceria com a Prefeitura, para que a Defesa Civil mantenha o alerta de risco na estrada e interdite quando necessário para que as obras transcorram com segurança.

Ainda segundo Atanagildo, a próxima etapa das tratativas poderá selar oficialmente a parceria entre as partes. Seguindo o cronograma estabelecido, nas próximas semanas deve ser feito o envio de um protocolo de intenções por parte do DER-RJ, no qual o órgão estadual registrará todo o planejamento de atuação na via. Com isso pronto, a Defesa Civil avaliará o teor do documento e poderá aprovar, reprovar ou fazer alterações.

Com a intenção de agilizar as tratativas e priorizar a manutenção da RJ-163, a Defesa Civil de Resende está elaborando um laudo técnico para ser enviado ao INEA (Instituto Estadual do Meio Ambiente), a fim de reforçar a necessidade das licenças, que são emitidas pelo órgão. O objetivo neste caso é permitir que a intervenção do Governo do Estado seja não só nos dois pontos mais críticos que já possuem as licenças, mas em toda a extensão da via. “O encontro significa uma importante aproximação entre o DER-RJ e a Defesa Civil de Resende. Tudo caminha para que as partes atuem em parceria pela manutenção da RJ-163 e que a estrada seja devidamente corrigida para a segurança de todos que nela transitam. Nosso corpo técnico aguarda agora a chegada do protocolo de intenções para analisarmos e, caso estejamos de acordo, iniciar essa parceria em prol da resolução dos problemas da estrada”, disse o diretor da Defesa Civil de Resende, Atanagildo destacando que o Governo do Estado já iniciou o processo licitatório para as obras na via.

Intervenções poderão ser feitas em dois pontos da RJ-163, cujas áreas já possuem licenças ambientais necessárias para os serviços -Divulgação

SITUAÇÃO DA RJ-163

Em março de 2018, as fortes chuvas que atingiram a região causaram mais de 50 pontos de quedas de barreiras sobre a estrada, o que gerou a interdição imediata e a paralisação do tráfego de veículos nos dois sentidos. Na ocasião, as equipes da Prefeitura atuaram prontamente na desobstrução, mesmo não sendo a responsável pelo trecho, e a Defesa Civil estabeleceu que a estrada deveria permanecer interditada até que toda sua extensão fosse devidamente corrigida.

Na gestão estadual passada, no entanto, o DER-RJ, liberou o fluxo de veículos, mesmo com a decisão da Defesa Civil de bloquear o trecho. Desde então, a estrada segue liberada normalmente para o trânsito de veículos.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !