Prefeitura de Volta Redonda prepara ação social para revitalização de praça no Retiro

0

VOLTA REDONDA

A prefeitura de Volta Redonda prepara para a próxima segunda-feira, dia 21, uma ação social na Praça Abelino Correlo Gonçalves, no bairro Retiro. A iniciativa ocorrerá para dar início a um projeto de revitalização do espaço, que será executado pelas secretarias municipais de Infraestrutura e Cultura. A proposta inclui serviços como limpeza e troca da iluminação. O local, que fica na Avenida Sávio Gama, tem sido alvo de reclamação de moradores por servir como ponto de usuários de drogas e dormitório para pessoas em situação de rua.

A ação social envolverá a Smac (Secretaria Municipal de Ação Social), que vai até o local oferecer atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade social. A Guarda Municipal e a Polícia Militar darão apoio a essa atividade. O objetivo é recuperar o espaço e devolvê-lo para uso de toda a comunidade. O encontro que definiu a investida contou com a participação da comandante do 28º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Andréia Campos, do subcomandante Gilvan Simão Silva e do comandante da 1ª CIA de Volta Redonda, capitão Paulo Victor. Estiveram presentes ainda: o comandante da Guarda Municipal, João Batista dos Reis, o secretário de Cultura, Anderson de Souza; e o vereador Sidney Dinho, membro da Comissão de Segurança Pública da Câmara.

Reforço na segurança com mais 600 câmeras

Durante a reunião, o prefeito Antonio Francisco Neto anunciou que Volta Redonda contará com reforço na segurança com aquisição de mais 600 câmeras. Os equipamentos atenderão a mais de 180 mil pessoas, cerca de 60 bairros. A ideia é que as imagens possam ser monitoradas a partir das cabines da Polícia Militar instaladas na cidade. A implantação do sistema, que já ocorre no município, através do Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp), será feita, a princípio, nas cabines da PM dos bairros Vila Rica, Santa Cruz e Santo Agostinho.

“O Poder Público Municipal pode ajudar as forças de segurança, aumentando a presença com ações sociais, mais iluminação e investimentos em tecnologia. Vamos ser parceiros das forças policiais e tornar Volta Redonda novamente uma referência em Segurança Pública”, garantiu Neto.

A proposta inicial do governo é que essas 600 câmeras de alta definição sejam capazes de monitorar a cidade 24 horas por dia, dando maior agilidade nas respostas a crimes. Os equipamentos devem ser adquiridos através de financiamentos federais e estaduais e uma contrapartida da prefeitura. “Quero que Volta Redonda seja um lugar que ninguém roube mais carro”, disse o prefeito.

Neto revelou ainda a ideia de reativar as cabines da PM nas principais entradas de Volta Redonda e disse que vai solicitar um aumento do efetivo do 28º BPM. A comandante do 28º BPM destacou que uma cidade mais iluminada e monitorada ajuda a coibir crimes. “Sem dúvidas o apoio que a prefeitura tem nos dado vai ajudar, e, muito. Com a chegada deste reforço, o trabalho será mais eficiente”, disse Andréia.

error: Conteúdo protegido !