Prefeitura de Volta Redonda oferece cursos de informática básica e intermediária em 24 Cras da cidade

0

 VOLTA REDONDA

Com o objetivo de oferecer e aprimorar a inclusão digital, principalmente para qualificar pessoas para a inserção no mercado de trabalho, a Secretaria Municipal de Ação Social (Smac) vai oferecer mais vagas para cursos de informática. Serão oferecidas oportunidades para cursos básicos e intermediários para moradores de Volta Redonda. No início do mês, foram entregues certificados para 138 pessoas que participaram das primeiras turmas dos cursos de inclusão digital e informática básica.

Os cursos são destinados a pessoas com idade a partir de 12 anos e as inscrições podem ser feitas entre os dias 2 e 13 de agosto, nos 23 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) que possuem Tele centro. As aulas, que têm 1h30 de duração, começam no dia16 e vão até o mês de dezembro. As vagas são limitadas e abertas à comunidade, com prioridade para as pessoas que são acompanhadas pelos Cras.

PARA SE INSCREVER

Para se inscrever, basta o candidato ir a uma unidade do Cras dos bairros Três Poços, Àgua Limpa, Açude, Verde Vale, Caieiras, Vila Americana, Siderlandia, Retiro, Dom Bosco, São Sebastião, São Carlos, Voldac, Rústico, Vila Rica, Nova Primavera, Monte Castelo, São Luiz, Belo Horizonte, Aero Clube, Vila Brasília, Santo Agostinho, São Cristóvão, Santa Cruz e Volta Grande.

Nos Centros de Referência de Assistência Social dos bairros Água Limpa, Três Poços, Dom Bosco, Monte Castelo e Retiro, onde no início do ano já foi realizado o módulo básico, serão oferecidos também os cursos intermediários.

AUMENTAR AS CHANCES DAS PESSOAS

O secretário Municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, ressaltou que o objetivo é aumentar as chances das pessoas se colocarem ou se recolocarem no mercado de trabalho. “Quando as pessoas me procuram pedindo ajuda para voltar ao mercado de trabalho, a primeira pergunta que faço é se ela tem noção de informática. Muitas delas não têm. Como esse é um quesito básico para a maioria das vagas que aparecem, fica difícil ajudar. Por isso, criamos esses cursos. Assim podemos qualificar essas pessoas para que elas possam voltar a trabalhar”, disse o secretário.

As unidades de CRAS que sediarão o curso seguirão o protocolo de segurança exigido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Volta Redonda para prevenção à Covid-19. Cada turma terá apenas sete alunos para respeitar o distanciamento seguro entre as pessoas. Haverá ainda higienização das salas na entrada e saída dos alunos, será disponibilizado álcool gel para higienização das mãos e os alunos deverão utilizar máscaras corretamente. O material do curso será individual.