Prefeitura de Volta Redonda faz alerta sobre faltas de pacientes em consultas

0

VOLTA REDONDA 

Desde que retomou a oferta de consultas para nove especialidades médicas no Centro Municipal de Saúde, há 20 dias, a Prefeitura de Volta Redonda vem fazendo um levantamento para detectar o número de faltas nas consultas agendadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). E, de acordo com os dados da secretaria, são altos os índices de abstenção em praticamente todas as consultas com especialistas, o que prejudica outros pacientes que estão em filas de espera pelo mesmo serviço.

De acordo com o levantamento, nesses 20 dias foram 137 faltas, perfazendo um total de 20% de abstenção, somando todas as especialidades e as ausências no período analisados. Os dados foram coletados dos serviços de consultas nas nove especialidades que estão sendo disponibilizadas para a população: cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, pneumologia, reumatologia, ortopedia, urologia e dermatologia, obedecendo ao critério de gravidade.

A coordenadora do serviço ambulatorial especializado do Centro Municipal de Saúde, Luciana Delgado, faz um apelo para que os usuários não faltem às consultas. “É uma situação muito delicada. Além de ter que remarcar essas consultas, não conseguimos atender a população de uma forma geral mais efetiva”, disse a coordenadora.

A dona de casa Beatriz Peregrine, de 67 anos, moradora do bairro Santa Tereza, não perdeu a oportunidade de retomar o seu tratamento com o gastroenterologista. “Foi uma ótima surpresa quando recebi um telefonema dizendo que minha consulta tinha sido marcada e que eu poderia retomar o meu tratamento. Jamais iria perder essa oportunidade. Só tenho a agradecer por ter voltado às consultas com os médicos especialistas. Acho que todos deveriam comemorar e ter a consciência de não faltar”, disse a usuária.

A secretária municipal de Saúde, Flávia Lipke, destaca que o governo municipal não mediu esforços para voltar a ofertar essas consultas, mesmo durante a pandemia. “E o Centro Municipal de Saúde permitiu esse retorno das consultas, evitando que esses pacientes tenham que ir em unidades emergências onde acontecem atendimento de casos de coronavírus”, comentou.

O prefeito Samuca Silva destacou que o município criou uma estratégia para voltar a oferecer as consultas com especialistas. “É importante que a população também contribua para que todos os usuários consigam ser atendidos. Se não puder comparecer a consulta que é marcada previamente, ligue e dê a oportunidade para outra pessoa”, recomendou.

error: Conteúdo protegido !