Prefeitura de Volta Redonda e Fundação CSN encerram atividades nas escolas no mês da criança

0

VOLTA REDONDA

A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), em parceria com o Centro Cultural Fundação CSN e Secretaria Municipal de Educação (SME), promoveram em outubro –mês da criança– uma programação especial. Foram promovidas atividades culturais em cinco escolas da rede municipal de ensino.

Foram ofertadas gratuitamente peças de teatro, oficinas de música e desenho, no período de 25 a 29/10, aos alunos das escolas: Professora Antonietta Motta Bastos, Amazonas, Maestro Franklin de Carvalho Júnior, Nilton Penna Botelho e Dr. Jiulio Caruso. A última atividade prevista para o dia 03 de novembro (quarta-feira) será encerrada na Escola M. Nilton Penna Botelho com a oficina de desenho, em dois horários das 13h às 14h30 e das 14h30 às 16h.

De acordo com o secretário de Cultura de Volta Redonda, Anderson de Souza, as atividades culturais aprimoram o desenvolvimento das crianças ampliando a visão de mundo de uma forma lúdica e interativa.

“As atividades fazem parte dessa grande parceira com a Fundação CSN que é o projeto “Juntos pela Cultura” que nasceu em julho deste ano, no mês de comemoração de aniversário do município. Essa iniciativa com as escolas municipais garante o acesso dos alunos a conteúdos diversos como peças de teatro e oficinas de música e desenho, isso ajuda no desenvolvimento educacional e cognitivo das crianças de forma gratuita”, comentou o secretário.

A coordenadora do Centro Educacional Fundação CSN, Giane Carvalho, destacou a parceria com o município para promoção da arte no retorno das aulas presenciais.

“A arte chega às escolas do município por meio da parceria do Centro Cultural Fundação CSN e das secretarias de Cultura e Educação de Volta Redonda. Uma ação de grande importância nesse momento de retorno das aulas presenciais. A arte além da sua importância de ser por ela mesma possibilita encontros acolhedores e ainda estimula a criatividade individual e coletiva”, comentou a coordenadora.